Petronas lança linha de lubrificantes para veículos elétricos

Nova gama de produtos destinados a modelos leves foi apresentada ao público durante o Salão do Automóvel de Genebra

Por AutoPapo19/03/19 às 20h55

A Petronas Lubricants International (PLI) lançou uma linha de óleos lubrificantes para veículos leves. Apresentados ao públicos na última edição do Salão do Automóvel de Genebra, que abriu as portas no último dia 7,  os produtos foram batizados de Petronas iona e são classificados pelo fabricante como ‘e-lubrificantes’.

A linha é composta por três produtos, entre os quais o fluido para baterias “Petronas iona Termal”. Há também o “Petronas iona Integra”, destinado ao controle de fricção da transmissão e eixos. Por fim, há as graxas para rolamento “Petronas iona Glide”. A empresa afirma que a nova gama visa assegurar performance otimizada e alta durabilidade para componentes de veículos elétricos.

“No setor automotivo, as OEMs (Original Equipment Manufacturer, sigla usada para denominar determinados fornecedores) agora devem se enquadrar às novas e crescentes regras para a redução das emissões de carbono. Na Petronas, já estamos preparados e constantemente evoluindo nossos Fluid Technology Solutions para enfrentar esses futuros desafios ao lado de nossos parceiros. A mudança de paradigma global em busca de energias limpas é uma oportunidade para trabalharmos em conjunto para reduzir emissões de CO2 através de uma tecnologia de fluidos acessível para todos”, destaca o CEO da Petronas Lubricants International, Giuseppe D’Arrigo.

Durante o motor show de Genebra, a empresa apresentou também a linha Petronas Syntium, que agora conta com produtos específicos para carros híbridos. Outra novidade é a gama de fluidos de transmissão Petronas Tutela. Há ainda o Etro+, um grupo de óleos base III.

Foto Petronas | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário