Três dicas para viajar de moto com conforto e segurança

Já estão disponíveis no mercado bagageiros que se encaixam em cima do tanque de combustível; Sabe qual é o calçado ideal para andar de moto na estrada?

Por Teo Mascarenhas11/12/17 às 16h10

Viajar de moto é sempre um prazer. Seja no período das férias ou nos finais de semana. Confira três dicas que fazem toda a diferença na hora de pegar a estrada.

1. Como carregar a bagagem na moto

Nas viagens de moto, carregar a bagagem é um problema. Isso porque falta espaço. O bagageiro é sempre lembrado, mas uma boa solução pode ser o espaço em cima do tanque.

As vantagens de utilizar a alternativa são:

  • o piloto pode “fiscalizar” a carga o tempo todo;
  • é possível aproveitar o bagageiro extra para encaixar um mapa rodoviário do roteiro;
  • a bolsa em cima do tanque altera em menor escala o centro de gravidade da moto, contribuindo para a estabilidade.

Já existem bolsas e alforjes especiais para a finalidade. A fixação deve ser de fácil remoção, para ajudar no reabastecimento.

Dicas para quem vai viajar de moto do Teo Mascarenhas

Outra providência interessante é a instalação de uma proteção para que o alforje ou bagagem não danifiquem a pintura do tanque quando o piloto for viajar de moto.

2. O calçado ideal para viajar de moto

Por ficarem em posição mais vulnerável e estarem sujeitos a aguentar detritos e água, os pés precisam de proteção. Recomenda-se, então, a utilização de botas.

Caso a ocasião não permita seu uso constante, há outra opção: capas tipo “galocha” estão disponíveis em lojas especializadas. Porém, a estética é discutível e falta um pouco de praticidade na hora de guardar.

Descarte, para viajar de moto, o tênis ou os sapatos convencionais. Mais frágeis, eles estão sujeitos a maior desgaste.

3. Revestir o pedal evita estragos nos sapatos

Para não danificar o peito do pé do calçado esquerdo, que opera o pedal de marchas, é só revestir a ponta do pedal com fita isolante, fita crepe, ou esparadrapo.

A “cobertura” suaviza o desgaste e deve ser substituída periodicamente, já que também acumula óleo, principalmente durante as viagens.

Lembre-se, as partes baixas da moto devem estar sempre limpas e sem vazamentos; e o para-lamas dianteiro corretamente instalado.

Foto BMW | Divulgação

Teo Mascarenhas

Especialista na cobertura do mercado de motocicletas e competições com mais de 30 anos de experiência.

Teo Mascarenhas
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário