Mercado brasileiro ainda tem 7 carros sem ar condicionado

Existem apenas dois carros de passeio nessa lista; os demais são comerciais leves, mas os preços chegam até R$ 71.990 sem incluir o equipamento

Por AutoPapo28/09/18 às 08h00

O inverno acabou, oficialmente, no dia 22 de setembro, e já nos encontramos na primavera. As altas temperaturas do verão brasileiro já começam a mostrar as caras e, com elas, o desconforto do motorista preso no congestionamento pode aumentar. Nessa hora, não há nada como ligar o ar e se acomodar na cabine, atrás de vidros bem fechados. Isso se você não estiver em um desses carros sem ar condicionado vendidos no Brasil.

Entre os carros sem ar condicionado, exitem apenas dois de passeio mas, entre os comerciais leves, preços chegam até R$ 71.990 sem contar com o equipamento.

É importante lembrar que o ar condicionado não é apenas um item de conforto, mas também pode se transformar em um acessório de segurança. Durante a chuva, por exemplo, ele pode ser fundamental para manter o parabrisas desembaçado, garantindo a boa visibilidade do motorista. Ao mesmo tempo, ele também pode permitir que os ocupantes mantenham os vidros fechados, tornando mais difícil a abordagem de um criminoso.

O ar condicionado é, até mesmo, citado como importante para diminuir o estresse do condutor, que pode ficar sobrecarregado com os congestionamentos e loucuras do trânsito nosso de cada dia. Isso, entretanto, nem sempre é possível. Conheça sete carros sem ar condicionado que ainda são vendidos no país.

Entre estes sete modelos, existem apenas dois que são carros de passeio, o Fiat Mobi e o Renault Kwid, ambos em suas versões de entrada. O restante da lista mostra comerciais leves em suas configurações mais simples. Esse veículos, geralmente, são comprados para montar frotas de empresas.

1. Fiat Mobi Easy

Fiat Mobi Easy: Entre os carros sem ar condicionado, exitem apenas dois de passeio mas, entre os comerciais leves, preços chegam até R$ 71.990 sem contar com o equipamento.

A versão de entrada do compacto da Fiat não conta com ar condicionado. O Mobi Easy custa R$ 32.590, e está entre os carros mais acessíveis do país. Para ter o item de conforto, quem se interessa pelo Mobi deve optar pela versão Comport, com preço de R$ 35.690.

2. Renault Kwid Life

Renault Kwid Life: Entre os carros sem ar condicionado, exitem apenas dois de passeio mas, entre os comerciais leves, preços chegam até R$ 71.990 sem contar com o equipamento.

O Kwid na versão de entrada também está entre as opções mais baratas do mercado, e é outro dos carros sem ar condicionado de série. A versão Life tem preço de R$ 32.490. A próxima configuração, Zen, já conta com o acessório e custa R$ 37.490.

3. Fiat Strada Working

Fiat Strada Working: Entre os carros sem ar condicionado, exitem apenas dois de passeio mas, entre os comerciais leves, preços chegam até R$ 71.990 sem contar com o equipamento.

Entrando na categoria dos comerciais leves, a picape da Fiat na versão de entrada, Working, é outra que dispensa o equipamento de conforto. Ela sai por R$ 49.790. A opção com ar condicionado de série, Hard Working, custa R$ 56.490.

4. Chevrolet Montana LS

Chevrolet Montana LS: Entre os carros sem ar condicionado, exitem apenas dois de passeio mas, entre os comerciais leves, preços chegam até R$ 71.990 sem contar com o equipamento.

Concorrente da Strada, a Chevrolet Montana, igualmente, dispensou o ar condicionado de série na versão de entrada LS, que sai por R$ 50.990. Esse item, porém, é oferecido como opcional e acrescenta R$ 3.400 ao preço da picape. A configuração subsequente, a Sport, sai por R$ 61.090 e traz o equipamento de série.

5. Fiat Fiorino Evo

Fiat Fiorino Evo: Entre os carros sem ar condicionado, exitem apenas dois de passeio mas, entre os comerciais leves, preços chegam até R$ 71.990 sem contar com o equipamento.

Um veículo usado quase que exclusivamente para trabalho, o Fiat Fiorino é oferecido apenas em duas versões no Brasil. A de entrada, Evo, tem preço de R$ 59.590 e não tem ar condicionado. A outra, Hard Working, sai por R$ 67.290 e conta com o acessório.

6. Renault Duster Oroch Express

Renault Duster Oroch Express: Entre os carros sem ar condicionado, exitem apenas dois de passeio mas, entre os comerciais leves, preços chegam até R$ 71.990 sem contar com o equipamento.

A versão de entrada da picape francesa é outro dos carros sem ar condicionado vendidos no Brasil. A Duster Oroch Express custa R$ 71.990, o que a torna o modelo mais caro dessa lista. Para ter o equipamento, o interessado deve optar pelo Pack Comfort, um kit de opcionais que reúne, além do ar, vidros traseiros elétricos e vidros dianteiros com função one touch e sistema antiesmagamento, pelo valor adicional de R$ 3.400. Ou então optar pela versão mais completa Dynamique, que sai por R$ 81.490.

7. Volkswagen Saveiro Robust (Cabine simples ou dupla)

Volkswagen Saveiro cabine simples e cabine dupla: Entre os carros sem ar condicionado, exitem apenas dois de passeio mas, entre os comerciais leves, preços chegam até R$ 71.990 sem contar com o equipamento.

A velha conhecida Saveiro, tanto na configuração cabine simples como na cabine dupla, também tem uma versão sem ar condicionado como item básico. O preço da Robust cabine simples é de R$ 50.540, e a Robust cabine dupla é de R$ 63.270. Em ambas, esse equipamento é opcional, oferecido em conjunto com a chave tipo “canivete”, direção hidráulica  (sim, tampouco esse item vem de série), grade protetora da janela traseira, iluminação da caçamba, brake light, travas e vidros elétricos, pelo custo extra de R$ 7.090.

Apenas na cabine simples intermediária, Trendline, é que o ar vai aparecer de série, e ela custa R$ 62.040. Para uma cabine dupla com ar, a opção mais em conta a oferecer o equipamento sem custo extra é a Cross, que tem preço de R$ 82.180.

3 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Cleriston 2 de outubro de 2018

    Por isso que a Saveiro perde feio em vendas para a Strada tudo bem que as duas tem uma versão sem AR mas os valores da VW são ridiculos.
    R$82,000 para ter uma carro ja com ar e direção de serie.
    Meu com mais 8 mil eu compro uma TORO e não tem nem como comparar.

  • Daniel 28 de setembro de 2018

    Essas versões só existem porque o brasileiro compra qualquer coisa, não exige qualidade. Se não vendesse, duvido que estivessem nos catálogos das montadoras.

  • Carlos 28 de setembro de 2018

    Fiquei surpreso com a informação do Oroch não ter ar condicionado, apesar de utilitário, é um veículo médio/grande e caro. Li em outro site que o Chery QQ de entrada não possui AC nem direção hidráulica.

Deixe um comentário