Aditivo para o carro: onde ele é realmente necessário?

"Existem óleos 'especialíssimos' por aí que o pessoal apregoa que vai aumentar a durabilidade, vai até reparar os desgastes de componentes internos"

Por Boris Feldman 18/02/20 às 19h30

Entre as diversas pi-ca-re-ta-gens que existem aos montes por aí, tem aquela do aditivo. Gente, se você para em um posto, ou na oficina, na troca de óleo, em qualquer lugar, lá vem o solícito te oferecer aditivo. E você acaba ficando sem saber. Eu tenho que colocar aditivo em algum lugar no motor do meu carro?

Você tem o fluido de direção hidráulica, do óleo do motor, o líquido do sistema de refrigeração – do radiador – e o fluido do freio.

De todos esses, o único que precisa do aditivo no motor do carro é o líquido de refrigeração. O que era água do radiador hoje tem 50% de etilenoglicol. Então você não pode por só água, tem que por água misturada com etilenoglicol, inclusive já vem em fracos prontos, já misturado.

VEJA TAMBÉM:

O resto não tem que usar aditivo pra nada.

No óleo do motor, por exemplo, existem óleos ‘especialíssimos’ por aí que o pessoal apregoa que vai aumentar a durabilidade, vai até reparar os desgastes de componentes internos. Balela! O óleo de fábrica já vem com toda a aditivação necessária, não precisa colocar aditivo.

E eles estão pondo também até na direção hidráulica, até no fluido do freio o pessoal tá usando aditivo. Sabe pra quê?  Tem uma grande vantagem: você jogar o seu dinheiro fora e ajudar o faturamento desses picaretas que têm por aí.

Aditivo para o motor etilenoglicol
Foto Shutterstock
SOBRE
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário