[Vídeo] Boris Feldman leva até tiro experimentando o Audi Q5 blindado

SUV com blindagem de fábrica, que resiste a disparos de submetralhadoras e escopetas, chega ao mercado por R$ 370,9 mil

Por Boris Feldman 24/12/18 às 08h30

Você quer um caro à prova de balas para se proteger da violência urbana no país, mas tem receio de fazer adaptações? Pois agora há uma opção que vem encouraçada de fábrica: o Audi Q5 blindado. Mas é preciso ter uma conta bancária folgada para adquiri-lo: nova versão, batizada de Security, custa R$ 370.990. Boris Feldman já dirigiu o veículo e tomou até tiros de paintball. Assista ao vídeo:

Por esse preço, o Audi Q5 blindado oferece proteção do nível III-A. Segundo o fabricante, o SUV é capaz de suportar disparos de pistolas de diferentes calibres. A chapa resiste até mesmo a tiros de submetralhadoras e escopetas. O material de blindagem não é a fibra de aramida, um polímero utilizado em outras blindagens, e sim chapas de aço, instaladas durante o processo de fabricação do veículo.

As janelas do Audi Q5 blindado são do tipo sanduíche, comum nesse tipo de veículo. Ele une várias camadas de vidro e polímero, que proporcionam resistência a perfurações. Já os pneus são do tipo run flat, capazes de rodar vazios. Mas o SUV também tem estepe, para o caso de os pneumáticos serem atingidos não por tiros, mas por um buraco.

Todo esse reforço fez o o Audi Q5 blindado engordar nada menos que 430 quilos em relação às demais versões. Desse modo, a versão Security tem massa total de 2.295 quilos. Para lidar com o peso extra, freios e suspensão foram redimensionados. Até o motor elétrico que levanta a tampa traseira foi trocado por outro mais potente.

A mecânica não sofreu alterações. O Audi Q5 blindado é equipado com um  2.0 turbo, capaz de gerar 252 cv de potência e 37 kgfm de torque. A transmissão conta com sete marchas e tração integral.

Audi Q5 blindado de fábrica, que resiste a disparos de submetralhadoras e escopetas, chega por R$ 370,9 mil

Foto Audi | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    guilherme lana 6 de janeiro de 2019

    Resumir todo o fenômeno da violência à desigualdade de renda é o cúmulo da canalhice. A culpa é da vítima, e o bandido é o coitado. Patético.

  • Avatar
    César Gomes Dantas 24 de dezembro de 2018

    Quanto mais recursos concentrados nas mãos de poucos e, por consequência, mais violência, mais serão vendidos carros blindados.

Avatar
Deixe um comentário