Autoclásica 2019: Delage de 1932 é o carro clássico vencedor

Francês do período entre guerras levou o troféu de best of show - juízes consideraram "beleza e harmonia de linhas únicas"

Por AutoPapo 17/10/19 às 12h00

A Autoclásica 2019 ocorreu em Buenos Aires (Argentina) entre os dias 11 e 14, sendo o maior evento de motos e carros clássicos da América do Sul. Ele acontece desde 1998, organizado pelo Clube de Carros Clássicos da Argentina (CAC).

autoclasica 2019 delage d8 1932 Francês do período entre guerras levou o troféu de best of show no Autoclásica 2019 - juízes consideraram "beleza e harmonia de linhas únicas".

Nesta 19ª edição, o destaque ficou por conta de marcas aniversariantes, que fizeram exposições de destaque no local.

Uma delas foi a Citroën, que em 2019 está celebrando seu centenário. Para celebrar a data, a fabricante francesa montou um estande de 900 m² na Autoclásica 2019 para exibir cerca de 20 modelos que recontam seus 100 anos de história.

Ao mesmo tempo, outra marca também comemorou o centenário, a inglesa Bentley. Para ela, o evento reuniu modelos icônicos produzidos entre 1924 e 1972.

autoclasica 2018
Autoclásica reúne milhares de visitantes anualmente

Por fim, a fabricante de carrocerias italiana, Zagato, também chegou aos 100 anos de existência. Sua celebração envolveu a exposição de carros icônicos na Autoclásica 2019 que representam o trabalho que o estúdio produziu durante sua existência.

Contudo, no último dia do evento, conhecemos o maior destaque: o resultado da avaliação do carro mais elegante do evento – ou best of show.

Delage é o best of show da Autoclásica 2019

Este ano, o vencedor do “concurso de elegância” do evento foi o francês Delage D8 Body Gallé de 1932. O modelo, do período entre guerras, carrega um motor 4.0 de 8 cilindros em linha, resultando na dianteira alongada, característica que compartilha com outros modelos da época.

autoclasica 2019 delage d8 1932 Francês do período entre guerras levou o troféu de best of show no Autoclásica 2019 - juízes consideraram "beleza e harmonia de linhas únicas".
Delage D8 de 1932 tem motor de 8 cilindros em linha

Ele é capaz de desenvolver 102 cavalos de potência na versão D8 Normale, e 120 cv na D8 S.

Também como era típico do período, o veículo era vendido como um chassi motorizado, mas sem a carroceria. Ela era encomendada, separadamente, de uma oficina especializada à escolha do freguês. Haviam muitos estúdios dedicados ao trabalho de fazer carrocerias como esta, que equipa o best of show da Autoclásica 2019.

autoclasica 2019 delage d8 1932 3

No caso do Delage vencedor, ela foi feita por Henri Chaprón, de Paris.

Segundo os juízes do concurso, o carro foi eleito como o melhor por “ter uma beleza e harmonia de linhas únicas, expor um estado de preservação e restauração ótimo, representar uma marca que teve presença forte na história do automóvel, trazer uma história pessoal importante e exibir antiguidade suficiente para o tornar um verdadeiro clássico através das eras”, segundo reportou o site argentino Autocosmos.

Na segunda posição, ficou uma Ferrari 250 Spider GT de 1959, enquanto um Packard 740 de 1930 ficou na terceira. O Autoclásica 2019 também premiou motocicleta, com a BMW R 17 de 1936 sendo contemplada com a primeira posição.

Fotos Autoclásica | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário