[Vídeo] Boris testa carro autônomo

Dessa vez o teste foi no banco do carona, mas mostra muito das tecnologias que estão para chegar ao mercado

Por Boris Feldman30/10/17 às 11h47

Quem acompanha o AutoPapo já leu ou assistiu vários testes que fiz em automóveis de todos os tipos, desde os mais simples até os extremamente luxuosos. Dessa vez, porém, eu sentei no banco do carona para mostrar o funcionamento da um carro autônomo, com tecnologia desenvolvida pela ZF.

A ZF apresentou a tecnologia no último Salão de Frankfurt. A empresa alemã tem fábricas em 42 países e conta com 137 mil trabalhadores. Somente no ano passado a ZF  vendeu  35 bilhões de euros. O objetivo é chegar ao que eles chamam de “Vision Zero”, um conceito que busca um mundo de mobilidade sem acidentes e emissões. Para isso, a empresa investe cerca de 6% das vendas em pesquisa e desenvolvimento.

Assista ao teste:

Transcrição do áudio:

Quer ver o futuro? Ou melhor: o presente. Está tudo aqui nesse carro que eu fui de carona, na Alemanha, com as tecnologias do carro autônomo desenvolvidas pela ZF.

É a primeira vez que faço teste-drive de carro autônomo, por isso, eu posso vir no banco do passageiro, pois não se faz nada mesmo.

Ele vai mostrar como o carro anda sem as mãos no volante. Nós estamos andando dentro de uma faixa. O carro vai tentar sair da faixa e o sistema vai trazê-lo de volta.

O carro faz manobra de uma maneira inacreditável, pois tanto as rodas traseiras quanto as da frente, cada uma vira para um lado. Então o carro gira de uma maneira inacreditável. Faz retorno como nenhum outro veículo é capaz.

O Folker, nosso motorista, vai tentar fazer uma ilegalidade. Vai tentar entrar em uma via sinalizada como contramão. Dos dois lados para não ter desculpa. Ele vai tentar assim mesmo, pois ele quer ir contra a lei e o carro não vai deixar.

Eu pedi para ele tentar de novo. Insistir. Ele acelera e o carro não vai. Está com freio acionado. O cinto de segurança já me puxou e o carro não entra. É padrão da legalidade europeia.

Tem ainda uma câmera vigiando o motorista. Se perceber que ele desviou o olhar da estrada apita um sinal de alerta para voltar a função para a estrada.

Agora ele está dirigindo o carro com um Joystick. Não é mais um volante. Lá vai ele brincando no videogame dele.

carro autônomo
Estande da ZF no salão de frankfurt

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Rosa Cristina 28 de setembro de 2018

    Boa tarde, ouvi você falar na JB que as pessoas com certas doenças tem desconto na compra?

Deixe um comentário