Só vai ter SUV? Veja 7 carros reencarnados como utilitários

Nomes que ficaram famosos em sedãs, hatches e até esportivos agora passam a designar utilitários, que são os novos queridinhos do mercado

Por AutoPapo 28/07/19 às 10h00

Quem é mais ligado no mercado de carros sabe que o SUV é a bola da vez. Esse segmento cresce ano após ano e, não por acaso, concentra a maior parte dos lançamentos da indústria. A onda de utilitários é tão grande que já está canibalizando outras categorias de veículos: peruas e hatches médios já estão praticamente extintos.

Mas a coisa não pára por aí. Alguns fabricantes apostam tão alto no SUV que estão batizando-os com nomes de carros consagrados de outras categorias. Insígnias que ficaram famosas em sedãs, hatches e até esportivos agora passam a designar utilitários. Nós pesquisamos e descobrimos nada menos que 7 modelos nessa situação. Confira no listão de hoje quais são eles!

1. Mitsubishi Eclipse

O Mitsubishi Eclipse Cross já é realidade: inclusive, é vendido no Brasil desde outubro do ano passado. Tem grande altura em relação ao solo, carroceria elevada e até versão com tração 4×4… Ou seja, todas as características típicas dos carros do segmento SUV. E totalmente opostas às do modelo original, que era baixo, aerodinâmico e voltado para alto desempenho no asfalto. Havia duas opções de carroceria: cupê e conversível.

Quem viveu os anos 90, quando o mercado brasileiro foi invadido pelos importados, deve se lembrar do impacto que o Eclipse causou nos consumidores. Era sinônimo de status e de performance, ao menos até se tornar queridinho dos jogadores de futebol. Quem poderia imaginar, naquela época, que a Mitsubishi reeditaria esse nome em um automóvel familiar?

2. Mitsubishi Mirage

mitsubishi mirage

O que um hatch compacto e um SUV têm em comum? Depende: se eles forem fabricados pela Mitsubishi, podem ter o mesmo nome! É que a marca japonesa poderá transformar o Mirage em utilitário. Pouco conhecido pelos brasileiros, pois não é vendido aqui, esse modelo ocupa posição de entrada na gama da marca na Ásia e na Europa. Vale destacar que trata-se de uma possibilidade, não de uma certeza.

Afinal, a empresa ainda não revelou informações sobre o novo Mirage. Evidências levantadas pela imprensa internacional do setor de carros apontam tanto que ele poderá se tornar um SUV quanto continuar sendo um hatch. Seja como for, ele adotará plataforma de Clio, graças à aliança Renault-Nissan-Mitsubishi. Resta esperar o lançamento, previsto para o fim deste ano, para conhecer o destino do modelo.

3. Volvo V40

volvo v40 t4

A Volvo já tem um SUV compacto em sua gama: o XC40. Mas pode não estar satisfeita com apenas uma opção nesse segmento. É o que dizem alguns sites internacionais, que apontam para a possibilidade de o V40 também se tornar utilitário. Por enquanto, o modelo é um hatch médio, que tem no máximo uma versão aventureira: a Cross.

De qualquer modo, o V40 está no fim do ciclo de vida. É um dos produtos mais antigos da Volvo, ainda construído sobre plataforma da Ford, ex-proprietária da marca sueca. E a linha de carros da empresa conta cada vez mais com opções no segmento SUV. Talvez, seja o caso de esperar por mais um utilitário num futuro próximo.

4. Ford Puma

O nome Puma é sinônimo de esportividade: enquanto no Brasil designa uma marca de veículos fora-de-série, na Europa batizava um cupê da Ford. Compacto, utilizava a plataforma do Fiesta, famosa por proporcionar bom comportamento dinâmico. E os motores potentes associavam ao baixo peso resultavam em desempenho decente.

Isso tudo, porém, é passado. Neste ano, o nome passou a ser utilizado por um SUV que integra a linha europeia de carros da marca. Trata-se de um utilitário compacto, com porte próximo ao do EcoSport, porém mais sofisticado. O público jovem que comprava um Ford Puma 20 anos atrás agora deve estar casado e com filhos. Será essa a razão do reaproveitamento desse nome em um modelo familiar?

5. Ford Fusion

A Ford não esconde que apostará todas as suas fichas nos SUVs: inclusive, já anunciou que substituirá vários de seus atuais hatches e sedãs por carros dessa categoria. Portanto, não é de se admirar que vários dos produtos da marca estejam nesta lista. Um deles é o Fusion, que sairá de linha no ano que vem. Seu nome, porém, será reaproveitado em um novo utilitário.

O novo SUV deverá chegar ao mercado em 2021. Ele será posicionado abaixo do Kuga e vendido em diferentes regiões do mundo. Vale lembrar que, na década passada, a marca estadunidense já utilizou o nome Fusion em um utilitário. Esse modelo era um “primo” do EcoSport comercializado na Europa, cuja proposta era mais urbana. Sua carroceria era um misto de utilitário e monovolume.

6. Ford Maverick

Outro dos carros da Ford que vai se tornar SUV é o Maverick. Esse nome designará um novo utilitário posicionado acima do Escape. O modelo original nasceu para ser opção de entrada na gama da marca nos Estados Unidos, mas ocupou patamar mais elevado no Brasil. Chegou até mesmo a ser sinônimo de esportivo, no caso da versão GT com motor V8.

Nenhuma dessas característica será herdada pelo novo Marevick, cujo maior apelo deverá ser o espaço a bordo. O lançamento deve ocorrer em 2020 e há chances de o SUV chegar ao Brasil como importado. Vale destacar que a Ford já utilizou o mesmo nome em um utilitário vendido na Austrália. Por lá, esse modelo ficou famoso pela boa capacidade off-road.

7. Ford Mustang

mustang 1
Concorrência de carros no Instagram: Ford Mustang ganhou do Chevrolet Camaro. (Ford | Divulgação)

Nem mesmo o Mustang deve escapar de virar um utilitário. Para desespero dos puristas, a próxima geração icônico do esportivo terá variante SUV e propulsão elétrica. A carroceria terá estilo fastback, com vidro traseiro bastante inclinado. Para reforçar a identidade com o cupê atual, o fabricante vai manter até o símbolo do cavalo galopante na grade frontal.

A boa notícia é que o SUV não substituirá o Mustang, e sim integrará uma linha de carros baseada no esportivo. E essa gama incluirá um cupê, semelhante ao modelo atual. Além do mais, todas as derivações terão alta performance. Caso essa informação se concretize, certamente trará grande alívio para a legião de fãs do cavalo da Ford.

Fotos: Divulgação

Avalie o conteúdo:
Clique na estrela para avaliar.
3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Afranio Edson Jorge 1 de agosto de 2019

    O Marverick e o Ford Fusion como USV, nossa! Vai ser um espetáculo.

  • Avatar
    Jorge Santana 29 de julho de 2019

    Reflexo das estradas esburacadas…

  • Avatar
    Fabio 28 de julho de 2019

    A lógica no mercado brasileiro é bem simples. Ou vc tem um carro compacto, ou é obrigado a ir procurar um SUV, que não por acaso é bem mais caro do que um hatch médio, por exemplo. Não foi o brasileiro que deixou de gostar de hatch, é a central dos fabricantes que combinaram o jogo. Acabar com os hatches. E quando tem, o preço foi bastante elevado para desestimular esta categoria. Vide o Cruze.

Avatar
Deixe um comentário