Chave presencial traz praticidade, mas pode se tornar um pesadelo

As facilidades proporcionadas pela chave presencial que equipa alguns automóveis podem colocar o motorista em uma verdadeira saia-justa

Por Boris Feldman 25/12/18 às 10h00

É inegável que a chave presencial traz uma praticidade na hora de ligar e desligar o automóvel. Mas, essa tecnologia pode dar muita dor de cabeça também.

[TRANSCRIÇÃO]

Essas inovações tecnológicas costumam trazer problemas para os usuários. Já tem muito carro moderno, mas muitos mesmo, com a chave presencial. Você não tem mais que usar a chave para ligar o carro, basta ela estar no bolso, ou por ali no console, que o carro identifica a presença dela e aí liga, ou não.

E eu já comentei alguns problemas como: o do marido, que está chegando de noite em casa e a mulher corre em sua direção e diz:

– Eu preciso do carro para ir ao supermercado.

O marido, então, entra em casa com a chave, e ela vai para o supermercado. Chegando lá, ela fecha o carro, desliga o motor e aí quando ela volta com as compras, quem disse que o motor liga. A chave tá no bolso do maridão, que ficou em casa. Agora, isso se ela estiver no supermercado, imagine que ela pode estar em lugares ‘mais comprometedores’ com o carro…

Mas, agora tem um problema ainda mais grave e, por causa dele, as fábricas serão obrigadas a fazer o motor desligar se a chave sumir por mais do que cinco minutos dali. Qual é? Nos Estados Unidos é muito com uma garagem está praticamente dentro de casa, ligeiramente separada: o dono chega com o carro, esquece de desligá-lo. Acha que o motor já está desligado, entra em casa e o motor fica emitindo fumaça e gases à noite inteira. Já morreu gente nos Estados Unidos por causa desse esquecimento. Se você tem chave presencial: te cuida!

chave presencial traz

Veja mais dicas e notícias no nosso canal no YouTube!

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
SOBRE
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Pablo 31 de dezembro de 2018

    Esse comentário parece ter sido feito por um estagiário e não pelo Boris , pois usar esses dois argumentos pífios para “ condenar” a chave presencial chega a ser simplório .

  • Avatar
    Amste 25 de dezembro de 2018

    A chave deve ligar o carro se estiver a ate 5m de distância, como um bluetooth. Se passar disso deve avisar e desligar o carro. Carro sem mudança direção deve desligar. Pode pedir senha no multimídia pra continuar.

Avatar
Deixe um comentário