Chevrolet Onix LTZ 1.4

Vendendo mais que pipoca em porta de cinema

Por Sérgio Melo26/10/16 às 10h28

Qual o segredo do sucesso do Chevrolet Onix, campeão absoluto em vendas no país desde 2015? Entre vários atributos, o que mais se destaca é o surpreendente espaço interno. Apesar de parecer pequeno devido à traseira cortada de forma abrupta e ao reduzido balanço dianteiro (distância entre a roda dianteira e a extremidade frontal do veículo), o hatchback da GM é mais comprido, largo e, principalmente, tem maior entre-eixos que seus concorrentes Hyundai HB20, Ford Ka, Fiat Palio e Toyota Etios.

O resultado da equação é conforto acima do normal para a categoria, com muito espaço para os ocupantes dianteiros e a possibilidade de comportar três adultos no assento traseiro – coisa praticamente impossível em outros modelos do segmento. Claro que dois adultos e uma criança ficarão mais bem instalados, incluindo folga para os joelhos em relação aos assentos dianteiros. O porta-malas com 280 litros está na média dos rivais.

Chevrolet Onix LTZ 1.4

O interior tem visual interessante, mas o acabamento é extremamente espartano; faltam materiais agradáveis ao toque. Por incrível que pareça, até regiões revestidas em tecido nos forros das portas conseguem ser incômodas, pois o material foi colado diretamente na base plástica sem nada macio por baixo para efeito estofado. Duro por duro, seria melhor em plástico mesmo, que não suja tanto. A forração dos assentos parcialmente em couro sintético e tecido ondulado tem bom visual e permite maior ventilação no calor. Falta tampa na tomada USB do console para evitar a entrada de sujeira.

Chevrolet Onix LTZ 1.4

Guiando o líder

O motor 1.4 dá conta do recado direitinho, com ligeira sobra de potência para o peso do veículo. Nada impressionante como as opções turbinadas que vem surgindo no mercado, mas o propulsor agrada bastante pelas respostas firmes e agilidade. No consumo, conforme o programa de etiquetagem do Inmetro, a melhora foi impressionante. Saiu de um vergonhoso D/C da versão automática anterior para um elogiável A/B (o primeiro A significa estar entre os mais econômicos da categoria e o B logo abaixo dos mais econômicos das demais categorias). Em números, com etanol em cidade/estrada: 7,9/9,6 km/l. Com gasolina as médias sobem para 11,7 km/l e 13,9/l em ciclo urbano e rodoviário respectivamente.

Outro ponto interessante é a disponibilidade de transmissão automática de verdade. Não é o simples e barato automatizado que desagrada os mais exigentes. Embora bastante suave, deixa a desejar por ser um sistema de concepção antiga, sem possibilidade de mudanças manuais por borboletas no volante. Eventuais reduções têm que ser feitas por complicado ritual, que inclui apertar o gatinho da alavanca, mover o selecionador para a posição “manual” e depois, em um minúsculo botão ao lado da alavanca, comandar a mudança desejada. Complicado para o condutor fazer tudo isso tão rapidamente em alguma emergência.

A suspensão é durinha, mas não chega a maltratar em terrenos mal pavimentados. Em compensação, encara quebra-molas e buracos numa boa e faz curvas com elogiável firmeza.

Chevrolet Onix LTZ 1.4

Itens

No conteúdo, algumas surpresas: alarme, monitoramento de pressão de pneus, ar-condicionado, direção elétrica, volante multifuncional, multimídia com tela sensível ao toque com conexão para celulares compatíveis, sensor de estacionamento traseiro, vidros elétricos dianteiros e traseiros com one touch, controlador de velocidade de cruzeiro e OnStar com as funções de concierge e segurança. Esqueça tecnologias como controles de tração e estabilidade, frenagem autônomas ou supervisão de pontos cegos, que realmente não costumam visitar a categoria.

O QUE É
Hatch compacto.

ONDE É FEITO
Brasil, Gravataí – RS.

QUANTO CUSTA
Parte de salgados R$ 44.890 no versão 1.0 e na versão testada chega a absurdos R$ 65.790.

COM QUEM CONCORRE
Apesar de significativas diferenças, os principais concorrentes em suas versões mais próximas são Hyundai HB20 1.6 automático Premium com blueMedia (R$ 66.745), Ford Ka SEL 1.5 automático (R$ 53.090) e Novo Palio Essence 1.6 Creative Automatizado (R$ 57.563).

COMO ANDA
Motor 1.4 flex de 106 cv de potência e 13,9 kgfm de torque. Velocidade máxima de 171 km/h e aceleração de 0 a 100 km/h em 12 segundos.

COMO BEBE
Conforme o Programa de Etiquetagem Veicular do Inmetro, 7,9 km/l (cidade) e 9,6 km/l (estrada) quando abastecido com etanol e 11,7 km/l (cidade) e 13,9 km/l (estrada).

SEGURANÇA
Na segurança, com apenas os dois airbags exigidos por lei, foi muito mal no último crash test realizado pelo LatinNCAP. O teste de impacto lateral expôs a insegurança do hatchback, que acabou recebendo nota zero em proteção para adultos e três estrelas em cinco possíveis na proteção para crianças. Em 2014 o Onix havia recebido nota três para adultos, mas os novos padrões adotados pela entidade independente que avalia a segurança de veículos rebaixaram o campeão de vendas.

VEJA COMO SE SAIU O CHEVROLET ONIX NO CRASH TEST DO LATIN NCAP

Chevrolet Onix LTZ 1.4

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário