Uma maluca implantou o chip do Tesla Model 3 no braço

A texana Amie já tinha experiência com colocar chaves debaixo da pele quando resolveu fazer isso com o cartão de ativação do seu carro

Por AutoPapo 24/08/19 às 15h00

Na semana passada, uma proprietária de um carro da Tesla foi mais longe do que qualquer outro foi antes. Amie DD, de Dallas, Texas, implantou o chip de seu Tesla Model 3 dentro do braço.

A texana Amie já tinha experiência com colocar chaves debaixo da pele quando resolveu fazer isso com o chip do Tesla Model 3.

Amie, que se identifica como “fazedora de coisas” e está envolvida com programação, cosplay e impressão 3D, foi – provavelmente – a primeira pessoa do mundo a fazer isso. De acordo com o Autoblog, ela já possuía um chip no outro braço, que usa para destrancar a porta de casa e transferir o link de seu website para smartphones.

Agora, ela também pode ligar seu carro, com o chip do Tesla Model 3 inserido debaixo de sua pele.

Amie documentou todo o procedimento. Em primeiro lugar, ela teve que remover o chip de dentro de um cartão de aproximação vendido pela Tesla. Para tanto, ela deixou o cartão imerso em acetona até que o envólucro de plástico derretesse completamente.

Você pode ver o processo de obtenção do chip da Tesla no vídeo abaixo:

Na sequência, Amie teve que transformar aqueles circuitos em uma cápsula que fosse adequada para inserir dentro do corpo. Para tanto, ela entrou em contato com a Vivokey, uma empresa especializada em chaves implantadas.

Então, a companhia colocou o chip do Tesla Model 3 dentro de um invólucro feito de um polímero biocompatível. O próximo passo era encontrar alguém para fazer a pequena cirurgia de colocar o dispositivo debaixo da sua pele.

Essa pessoa foi o tatuador e body modder Pineapple, um profissional que já tinha experiência com implantes. No vídeo abaixo, você pode ver como foi o procedimento:

Chip da Tesla implantado só funciona de perto

Apesar de toda a preparação e estudo, Amie contou que o dispositivo não funcionava tão bem. Aparentemente, o raio de funcionamento do chip ficou um pouco reduzido depois que ele foi introduzido em seu braço.

Por isso, é necessário que ela mantenha o membro muito próximo do console central – a cerca de 2,5 centímetros de distância – para que possa ligar seu Model 3. Ainda assim, não deixou de ser um experimento interessante para o que pode, um dia, se tornar uma tecnologia comum.

Foto | Reprodução do YouTube

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário