Como é feita a avaliação de um carro usado?

Entender os parâmetros pode fazer com que você consiga valorizar o seu usado - e não seja passado para traz quando for comprar um outro automóvel

Por AutoPapo18/08/18 às 15h30

A compra e venda de automóveis é sempre delicada. É preciso ficar atento na hora de apresentar o seu usado em uma concessionária, ou anunciá-lo na internet. Causar uma boa impressão pode ser crucial para realizar a venda. Ao comprar, o cuidado deve ser redobrado, isso porque é preciso checar a parte mecânica e o estado de conservação do veículo. Para que esse processo fique mais fácil para você, mostramos como é feita a avaliação de um carro usado.

A boa avaliação é fundamental para não fazer uma compra impulsiva e tomar prejuízo. “A conferência completa na compra de um veículo de segunda mão deve ser muito criteriosa e com olhos de profissional, incluindo verificação de número do chassi gravados no vidro, na lataria, no motor e no documento“, explica Carlos Eduardo Barros, superintendente do AutoShopping Internacional Guarulhos.

No geral, quatro parâmetros são analisados pelas empresas especializadas e pelo menos deveriam ser conferidos pelos motoristas: motor, pneus, estado geral de conservação e lataria.

Na avaliação de um carro usado, considera-se o estado do motor

Abra o manual do carro e confira se as manutenções foram realizadas em concessionárias autorizadas pela fabricante. Caso não veja registros, peça o antigo dono que mostre os recibos que informam quais foram os reparos realizados.

Preste atenção nas partes que contenham borracha, elas estão ressecadas ou bem conservadas? Andar no carro também é uma necessidade. Enquanto dirige, escute os sons do carro. Não compre o veículo se desconfiar que o barulho do motor não está normal.

Dos pneus

Os pneus são um bom parâmetro para conhecer o carro. Se eles estiverem muito desgastados, desconfie do tratamento do dono com os demais componentes. Se estiverem com desgaste irregular, fique alerta. Esse é um indício de quem tem outra coisa errada.

Não se esqueça de conferir a parte interna deles, se houver bolhas, é necessário trocá-los.

Quem já teve um carro sabe que comprar e vender são duas tarefas difíceis. Entenda como é feita a avaliação de um carro usado para valorizar o seu.
Foto | Shutterstock

O estado geral de conservação

Quando for vender um carro, deixe o interior limpo, os bancos (caso sejam de couro) e partes plásticas hidratadas. A má conservação entrega a idade do carro e diz muito sobre o cuidado do antigo dono. Os pedais são componentes normalmente esquecidos pelos compradores, não faça como a maioria e confira se eles parecem normais.

A Lataria

Confira toda a extensão do carro. Se a pintura estiver diferente em uma das peças, pode ser que o carro tenha sido batido. Ferrugem é inaceitável, mostra que o carro não recebeu nem os cuidados básicos.

Detalhes de micro pintura ou pequenos amassados podem contar pontos contra: se for vender o seu carro, opte por corrigi-los.

Quem já teve um carro sabe que comprar e vender são duas tarefas difíceis. Entenda como é feita a avaliação de um carro usado para valorizar o seu.
Foto Shutterstock | Reprodução

Compra e venda: 9 maneiras de valorizar o seu carro usado

Caso não se sinta apto para fazer a avaliação de um carro usado, contrate uma empresa para fazer a vistoria técnica. Peça a verificação de todos os dados de procedência.

É um serviço muito usado por quem vende, pois valoriza o veículo e por quem compra, pois dá garantia de procedência. Por meio de bancos de dados integrados, essas empresas cruzam informações e verificam vários itens, como históricos de acidente e roubo, se o carro já esteve em leilões, quilometragem real e as condições do veículo. Vale a pena investir, afirma Barros.

Se você quer valorizar o seu usado, vale a pena fazer uma perícia cautelar. O documento comprova que o carro está em boas condições, não foi batido e diminui os riscos do comprador, podendo gerar um aumentar o valor do seu usado.

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • gled sousa 1 de setembro de 2018

    oi!
    primeira vez no site.
    adorei, parabéns

Deixe um comentário