Concessionária digital é aposta da Fiat para seguir tendência

Fabricante inaugura sua primeira loja com o conceito; Renault já vende Kwid online e Volkswagen promete lançar concessionárias "conectadas" ainda este ano

Por AutoPapo28/11/18 às 13h13

A Fiat divulgou, nessa terça-feira (27), a primeira concessionária digital da Fiat Chrysler Automóveis e do Brasil. O conceito é, de acordo com os executivos da marca, uma resposta à experiência do consumidor, que mudou com a internet.

“O cliente hoje chega às concessionárias muito mais informado, porque pesquisa antes, na internet, os produtos desejados. Ele chega praticamente decidido. O número de idas às lojas diminuiu de 4 para menos de 2 vezes”, explica o diretor de operações comerciais da fabricante, Herlander Zola.

Para que a experiência digital tenha uma continuidade lógica, a concessionária digital possibilita que o motorista selecione as características do carro e só entre em contato com um especialista para finalizar a venda, fazer o financiamento e ou avaliar o veículo seminovo que pode entrar na negociação.

Nem para buscar o novo automóvel é preciso ir à loja. A concessionária digital dispõe de um especialista para fazer a entrega em domicílio.

O pós-venda segue convencional, em uma concessionária ligada à digital que oferece os serviços de manutenção. Até o fim de 2019, a Fiat pretende inaugurar 19 novas concessionárias digitais e adotar tecnologias virtuais em 110 lojas convencionais.

Na concessionária digital, o consumidor pode colocar, no modelo escolhido, acessórios de sua preferência e ver como o carro vai ficar. Isso é possível graças aos óculos de realidade virtual, capazes de simular com perfeição os detalhes dos veículos da marca.

Para os compradores que fazem questão de observar o carro fisicamente, fica aberta a possibilidade de solicitar um test-drive.

O conceito, a princípio, não admite uma compra realizada 100% online, como já é possível com o Renault Kwid. Zola afirma que essa ainda não é uma necessidade dos clientes: “de 60 a 70% dos consumidores utiliza dos financiamentos para fazer a compra de um carro novo. Existe ainda outro empecilho, 50% dos motoristas que optam por um Fiat colocam o seu seminovo na negociação”.

Mudanças no comportamento do consumidor e a necessidade de redução de custos fazem com que fabricantes criem concessionária digital e vendas online.
Foto Laurie Andrade | AutoPapo

Do dia 05 de novembro, quando a primeira concessionária digital da Fiat foi aberta na avenida Pacaembu, em São Paulo, 14 veículos foram vendidos. Sendo 11 Toros, dois Argos HGT  e um Mobi.

Apesar de precisar de menos recursos, a concessionária digital ainda não tem preços diferenciados.

Vantagens da concessionária digital

Para o consumidor

  • O processo de compra é mais rápido;
  • Mais direto (não é necessário muito contato com vendedor);
  • E mais cômodo (já que a tendência é de que várias concessionárias digitais sejam abertas nas grandes cidades).

Para o concessionário

  • A Concessionária digital é de 30 a 40% mais barata que as lojas convencionais, já que não pressupõe um aluguel tão alto (em razão do espaço reduzido);
  • Como o modelo é equipado com controle de fluxo, que gera informações para o concessionário, é possível organizar a demanda de funcionários por horário.

Detalhes do espaço

Na concessionária digital há duas mesas interativas, onde o cliente pode configurar todos os modelos da marca, escolhendo cores, opcionais, acessórios e serviços extras, sempre tendo acesso ao valor total do modelo configurado. Existe ainda uma terceira tela dedicada ao pós-venda, serviços, acessórios e customização.

A loja conta com um mostruário físico de opções de acabamento e um sistema de realidade virtual, que permite que o cliente experimente as diferentes alternativas de acabamento e versões de cada modelo.

“Sabemos que o consumidor de hoje busca cada vez mais independência no processo de compra, por isso implementamos uma concessionária sem barreiras de entrada físicas ou humanas. A experimentação do consumidor é livre e intuitiva”, conclui o diretor comercial da Fiat.

A Volkswagen, concorrente direta da Fiat, também pretende, ainda em 2018, inaugurar concessionárias digitais no Brasil.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário