Corvette da nova geração é revelado nos EUA com motor central

Oitava geração do esportivo da Chevrolet revolucionou sua história por carregar, pela primeira vez, o motor central

Por AutoPapo 20/07/19 às 15h00

O lendário esportivo da Chevrolet, Corvette, acaba de ser apresentado nos Estados Unidos em sua oitava geração. A principal diferença da novidade é que o tradicional motor frontal foi trocado por um central. Nova geração também carrega o nome “Stingray”.

Oitava geração do Corvette, clássico esportivo da Chevrolet, revolucionou sua história por carregar, pela primeira vez, o motor central.

Um dos destaques do Corvette é o preço acessível se comparado a esportivos de luxo, começando por menos de US$ 60 mil, ou R$ 224.880, em conversão direta. Ele chega às lojas americanas no início do ano que vem.

O modelo 2020 está chegando às lojas com um motor 6.2 V8 a gasolina, naturalmente aspirado. Ele entrega 495 cavalos de potência às 6.450 rpm, e 65 kgfm de torque, disponíveis às 5.150 rotações.

Enquanto o novo motor central pode ter causado polêmica e desagradado a fãs de longa data do Corvette, também há argumentos a seu favor. Ele sempre foi um veículo único na gama da Chevrolet, desde que foi lançado, em 1953.

Desde então, muitos discutiam em qual categoria ele se encaixava: era um muscle car, ou algo diferente? Enquanto o enorme motor, com potência estratosférica, o colocasse na mesma turma que Camaro e Ford Mustang, ele sempre se distinguiu.

O Corvette era mais caro que os “primos”, e não à toa: além do excesso de cavalos que carregava debaixo do capô, contava com outros diferenciais, tornando-o mais “refinado”.

Novo Corvette tem qualidades, mas também decepciona

Apesar de todos os seus predicados, o novo esportivo também decepciona. Uma de suas falhas é o câmbio exclusivamente automático. Sem opção de transmissão manual, ele se afasta da proposta de diversão ao volante da categoria.

Outra de suas características que não agradou a todos foi o design, visto por alguns como excessivamente europeu. Embora se afaste, de fato, do Corvette do passado, o estilo não deixa de ser fiel ao que o modelo sempre se propôs: ser um muscle car com um pé no velho continente.

Fotos Chevrolet | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (2 votos, média: 5,00 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário