Primeiro híbrido da Ferrari, SF90 tem 1.000 cv de potência

Superesportivo híbrido associa três motores elétricos a um V8 a combustão para atingir 340 km/h de velocidade máxima

Por Alexandre Carneiro29/05/19 às 20h41

Recém apresentada, a Ferrari SF90 Stradale já entrou para a história: é o primeiro modelo híbrido da história da marca. Também é o superesportivo mais potente da casa italiana até o momento, com nada menos que 1.000 cv! Dese total, 780 cv são produzidos por um motor 4.0 V8. Os 220 cv restantes vêm de três motores elétricos.

O sistema híbrido de propulsão é o maior destaque da Ferrari SF90 Stradale. Dois dos motores movem as rodas dianteiras. O terceiro está acoplado ao eixo traseiro (sim, o bólido tem tração integral). Apenas esse tipo de tecnologia é utilizado em manobras e em marcha-a-ré.

Ferrari sf90 Stradale, primeiro superesportivo híbrido da marca italiana

Inclusive, há um modo de condução 100% elétrico, o eDrive, que permite chegar a 125 km/h sem utilizar o propulsor a combustão. O modelo é do tipo plug in, ou seja, pode ter suas baterias recarregadas em uma tomada!

Há ainda outros três modos de condução, que combinam os quatro motores: Hybrid,Performance e Qualify. O primeiro é o que menos utiliza o V8, e o último, o que mais depende da propulsão a combustão. A mecânica é completada por um câmbio automatizado de oito marchas.

Apesar do peso extra das baterias, inerentes ao sistema híbrido, a Ferrari SF90 Stradale é relativamente leve: tem 1.570 kg. Isso significa que a relação peso/potência é de estonteantes 1,57 kg/cv! Portanto, não é de se espantar que o desempenho seja impressionante, mesmo para um superesportivo, com velocidade máxima de 340 km/h. Para acelerar de 0 a 100 km/h, bastam 2,5 segundos. E da imobilidade até os 200 km/h, o bólido gasta apenas 6,7 segundos.

Nome do superesportivo híbrido é homenagem à história da Scuderia Ferrari

O nome SF90 é uma homenagem aos 90 anos da Scuderia Ferrari. Quando foi fundada, em 1929, a equipe preparava modelos de corrida da compatriota Alfa Romeo. O primeiro carro próprio veio há “apenas” 72 anos, em 1947. A partir daí, a marca italiana virou sinônimo de velocidade. O novo superesportivo híbrido promete ser um novo marco nessa trajetória.

Fotos Ferrari | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Ricardo 30 de maio de 2019

    Qual o preço?

  • Avatar
    Leandro 30 de maio de 2019

    Faltou o mais importante que é o preço, pq as vezes a gente quer ver se cabe no orçamento e acaba ficando sem parâmetro para avaliar…

Avatar
Deixe um comentário