Golf Variant não terá sucessora; VW apostará em SUVs

Próxima geração do Golf está em fase final de desenvolvimento e deverá ser apresentada em março; Porém, só o hatch de quatro portas será renovado

Por AutoPapo03/09/18 às 16h30

Eis uma má notícia para os fãs de peruas: a Golf Variant não deverá ter nova geração. A próxima safra do modelo da Volkswagen está em fase final de desenvolvimento e o lançamento está previsto para o Salão de Automóvel de Genebra, no próximo mês de março. Porém, apenas a versão hatch de quatro portas deve seguir em produção. A station wagon e o hatch de duas portas não terão sucessor. As informações são da revista Autocar.

Golf Variant não terá sucessora

O hatch é produzido em São José dos Pinhais (PR), apenas com quatro portas. Por aqui, ele deve continuar em linha por mais alguns anos. Depois disso, seu futuro é desconhecido, mas o mais provável é que a Volkswagen passe a importá-lo. A Golf Variant, por outro lado, é trazida do México. Pode ser que a iminente mudança de geração na Europa não ocorra de imediato no país latino; todavia, mais cedo ou mais tarde, a perua será descontinuada mundialmente.

Golf Variant no Brasil

A Golf Variant é vendida no Brasil unicamente na versão Highline, pelo preço de R$ 113.490. O motor é o 1.4 TSI, com turbo e injeção direta, capaz de gerar 150 cv de potência e 25,5 kgfm de torque. Os números são os mesmos tanto com etanol quanto com gasolina. Já a transmissão é automática de seis marchas, com paddle-shifts para operação sequencial. O hatch de duas portas não é comercializado por aqui.

A decisão de descontinuar a Golf Variant e o hatch de duas portas é baseada em quedas nos números de vendas. No mundo todo, modelos médios têm perdido mercado para os SUVs.  A Volkswagen quer se adequar às tendências e prepara uma nova gama global de utilitários. Dois deles, o T-Cross e o Tharu, vão chegar ao Brasil.

Sétima geração

Ainda segundo informações da Autocar, a próxima geração do Golf será maior, o que ampliará o espaço interno. Apesar disso, ele ficará mais leve, devido à utilização de novas tecnologias na plataforma MQB. Além disso, a propulsão se tornará hibrida, com presença de motores elétrico e a combustão, inclusive na versão GTI. A arquitetura elétrica, semelhante à da Audi, poderá ter 12V ou 48V, dependendo da configuração.

O design manterá os elementos de identidade do modelo, mas será mais ousado. Segundo a imprensa estrangeira, o hatch adotará alguns traços da linha ID da Volkswagen. O interior contará com mais recursos multimídia e funções comandadas por telas. O motor 1.5 TSI utilizado na Europa será mantido. Trata-se da sétima geração do modelo em nível mundial. A Golf Variant surgiu quando o hatch estava na terceira safra.

Golf Variant não terá sucessora

Fotos Volkswagen | Divulgação

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário