HB20, Onix, Corolla: vale comprar agora ou esperar a nova geração?

A chegada das novas gerações desses modelos irá desvalorizar as atuais ou vale a pena aproveitar o desconto e comprar um 0 km?

Por AutoPapo24/06/19 às 16h01

Pelo menos três modelos que têm boas vendas vão ganhar nova geração neste ano: Chevrolet Onix (e Prisma), Hyundai HB20 e Toyota Corolla. Vale a pena aproveitar os descontos que eles têm atualmente nas unidades 0 km e comprar um carro que vai sair de linha? Ou é melhor esperar a nova geração?

Segundo o site especialista em precificação de carros novos e usados, a a KBB Brasil, independentemente do surgimento de uma geração mais nova no mercado, a desvalorização das anteriores não muda, seguindo o mesmo padrão antes da nova ser lançada.

O que influencia a taxa de desvalorização de uma geração é o seu próprio desempenho no mercado (volume de vendas, aceitação dos consumidores, credibilidade, liquidez, etc.).

A principal pergunta que os consumidores têm interesse em saber é o quanto as novas gerações podem impactar no valor de compra e venda de modelos das gerações anteriores.

Segundo o estudo da KBB, o lançamento de uma nova geração causa impacto no preço das unidades 0 km do modelo, mas não no mercado de usados.

A empresa utilizou como exemplo o Toyota Corolla, em sua versão XEi (historicamente, a mais popular do sedã) para explicar como cada mudança de geração do sedã afetou os preços dos modelos que passaram a estar desatualizados no mercado. O veículo, que começou a ser fabricado no Brasil em 1999, passou por quatro gerações nacionais, sendo a primeira delas no ano de seu lançamento, seguida por atualização em 2003, 2008 e 2015.

Contudo, o Corolla é um dos modelos que passaram por mudanças de geração “mercadológicas”, isto é, que não envolveram a troca de plataforma. Isto ocorreu em 2011, quando a versão XEi passou a contar com motor 2.0 em vez do 1.8, e em 2018, quando todas as versões dele passaram a ter controle de estabilidade e sete airbags de série. Em ambos os casos o impacto dos preços foi similar ao das mudanças de geração.

Ou seja, financeiramente, vale a pena compra um modelo que irá ser substituído por outro. Aproveitar promoções no preço do 0 km, que estarão sendo vendidos com desconto. E, a nova geração, provavelmente virá com um reajuste de preços na tabela.

“A partir dos levantamentos apresentados, é possível notar que, quando uma nova geração é lançada por uma fabricante, a anterior é impactada com uma queda em seus preços absolutos. Logo, este momento de transição pode, sim, ser uma boa oportunidade para os consumidores adquirirem o veículo com boa dose de barganha, caso não se importem em não em comprar um veículo prestes a estar desatualizado”, diz a KBB em comunicado.

Sucesso 0 km… Sucesso entre os usados

A tendência é que carros muito vendidos quando 0 km, como o Corolla, o Onix  (assim como novo Prisma) e o HB20 continuem sendo procurados no mercado de carros usados, pois já agregaram fama a valor emocional ao nome.

O diretor dar agência AutoInforme, Joel Leite, afirma que o carro usado, mesmo fora de linha é objeto de desejo de grande parte da população.

“Hoje quem é o cara que compra carro zero? É uma parcela mínima!”, afirmou Leite.

Quando é nova geração

Vale ressaltar que, para o mercado, uma mudança de geração de um carro significa, na maioria das vezes, o encerramento de um ciclo de vida do modelo, que dura, em média, entre 5 e 8 anos desde o seu lançamento.

Durante este período, o modelo pode passar pelo o que chamamos de facelifts ou atualizações de meia-vida, que são alterações pontuais, geralmente nas partes plásticas da carroceria ou a adição de equipamentos de pouco valor agregado, com o intuito de manter o modelo aquecido no mercado.

Por exemplo, o Hyundai HB20, que foi lançado em 2013, recebeu, após três anos de vida, seu primeiro facelift. As novidades se restringiram a um sutil retoque visual no para-choque, grade frontal e troca das rodas, nada que exigisse grandes adaptações na cadeia produtiva do modelo ou um volume muito alto de investimento.

Quando o ciclo de uma geração se encerra, por outro lado, há um marco mais representativo para o mercado. Isto porque, de maneira geral, toda a arquitetura do carro é alterada, possivelmente utilizando materiais mais nobres (e caros) na construção do carro, com um redesenho muito mais abrangente. O volume de investimento, portanto, é muito maior, bem como as mudanças no processo produtivo.

novo hb20 frente
Novo HB20 em testes na Coreia do Sul (Foto Hyundai | Divulgação)

Onix 2020 e novo Prisma

O Onix 2020 estreia em dezembro. O Onix Sedan (nome do novo Prisma deve adotar) chega em outubro.

Onix hatch e o sedã serão construídos sobre a nova plataforma global da GM, a Global Emerging Markets (GEM). O entre-eixos, medida decisiva para o espaço interno, deverá chegar a 2,60 metros.  O novo Prisma terá 4,47 metros de comprimento, 1,73 m de largura e 1,47 m de altura. No caso do hatch, não há informações.

Além da plataforma, um novo motor de três cilindros com injeção direta e turbo irá equipar o novo Onix (hatch) e novo Prisma. Ele deverá desenvolver 125 cv de potência e 18 kgfm de torque.

onix sedan nova geracao do chevrolet prisma china dianteira
Novo Prisma (ou Onix Sedan) (Foto Chevrolet | Divulgação)

Novo Corolla

O novo Corolla chegará ao mercado no último trimestre deste ano – provavelmente em outubro. A grande novidade na linha Corolla 2020 será uma versão híbrida flex. Ele será o primeiro modelo produzido no mundo a combinar motores elétrico e a combustão flex.

toyota anuncio corolla hibrido flex 2

O novo Corolla sedã será completamente reformulado em relação ao atual e será maior. Ele terá 2,70 metros de distância entre-eixos, 4,64 m de comprimento, 1,78 metro de largura e 1,43 m de altura. O sedã terá como base a versão europeia do modelo.

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (6 votos, média: 4,67 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    antonio arantes pereira 10 de julho de 2019

    Ainda assim, persiste a minha dúvida: afinal, o novo corolla, compro o modelo atual ou espero o novo? As concessionárias sempre alegam demora na obtenção
    do novo em razão de muita procura, atendimento prioritário de consorciados, etc. O que vale a pena?

  • Avatar
    EDUARDO ANDRADE 25 de junho de 2019

    Nenhum desses três. Vá de Fiat Cronos.

  • Avatar
    Luis 25 de junho de 2019

    Dica furada, usaram o Corolla que pouco se desvaloriza pra comparação, por exemplo em 2022 quem vai comprar um Onix 2019 por um preço semelhante a De um 2020 com motor e desine mais modernos ? A diferença tem que ser grande para que o 2019 seja vendido com certeza bem maiôs que a diferença dos dois quando zero

  • Avatar
    Marcos 25 de junho de 2019

    Se a versão antiga vai ter desconto automaticamente o preço dos seminovos cai também, se não alguns modelos teriam o mesmo preço 0km e seminovos.

Avatar
Deixe um comentário