“Vai pra Cuba!!!” LADA retorna à ilha de Fidel após 12 anos

Fabricante, agora controlada pela Aliança Renault-Nissan, irá enviar 344 unidades dos modelos Largus Cross e Vesta Sedan para a ilha caribenha

Por AutoPapo01/12/17 às 14h06

A União Soviética acabou, Fidel Castro morreu, mas algumas coisas não mudam – como a velha relação entre a Rússia e Cuba. Depois de 12 anos de hiato, a AvtoVaz, proprietária da Lada, e que hoje é controlada pela aliança Renault-Nissan, irá exportar para a ilha caribenha 344 unidades dos modelos Vesta Sedan e Largus Cross. Elas deverão desembarcar por lá em janeiro de 2018 e serão utilizadas por táxis controlados pelo governo, empresas de turismo e no mercado de locação.

Lada

A AvtoVaz considera Cuba e outros países da América Latina essenciais em seu plano de expansão.

“Este país respeita a Lada com uma frota significativa de modelos da marca, como o Niva, que continuam nas estradas. Hoje, estamos prontos para renovar a nossa presença com os novos e modernos Vesta e Largus Cross”, afirmou o presidente e CEO da AvtoVaz, Nicolas Maure.

Lada


VEÍCULOS RELACIONADOS

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário