Mini aprimora sistema start/stop disponível no Brasil

Marca garante que novo sistema está mais rápido silencioso e sutil e irá equipar todos os modelos vendidos no mercado nacional

Por Felipe Boutros17/09/18 às 19h00

A Mini lançou no Brasil um novo sistema start/stop. A novidade passará a equipar os modelos da marca e teve aprimoramentos em funcionalidades, sobretudo em situações de tráfego intenso, típica dos grandes centros urbanos.

A marca, que pertence à BMW, informa que fez a revisão dos sistemas que se desligam dentro das linhas de comunicação do carro para melhor eficiência energética e menor consumo de combustível. Dessa forma, o sistema entra em funcionamento de maneira “rápida, silenciosa e sutil”, uma vez que a central de processamento de dados do veículo gerencia as funções do carro para isolar aquelas que são necessárias ao funcionamento do motor.

mini tem novo sistema start/stop
BMW | Divulgação

Em termos de segurança, segundo a Mini, o novo start/stop reduz o risco de acidentes tanto para o motorista e os passageiros quanto para os pedestres, pois é acionado apenas com o veículo totalmente parado, evitando assim o seu funcionamento indesejado em descidas e subidas, por exemplo.

O novo start/stop atua em conjunto com outros sistemas, sendo capaz de monitorar uma série de funções do veículo, como a temperatura do motor, o estado da carga de bateria e se o motor está trabalhando de forma correta, entre outros.

Como funciona é o start/stop?

Start/stop, em tradução livre do inglês, é “liga/desliga”. O dispositivo já está presente em diversos automóveis importados e alguns nacionais. Seu funcionamento é simples: o start/stop detecta que o carro parou em um sinal ou congestionamento (ou por outro motivo qualquer )e desliga o motor.

Quando o motorista tira o pé do freio, ele dá a partida quase imperceptivelmente. Existem alguns ajustes automáticos no sistema: se o ar condicionado está ligado, ele aciona o motor mesmo com o carro ainda parado para evitar da temperatura subir exageradamente no habitáculo.

No trânsito urbano, o start/stop consegue reduzir o consumo de combustível e a emissão de poluentes em mais de 10% (dependendo de cada carro). Na estrada, como ele não é acionado em condições normais,  não há diminuição no consumo.

Foto Mini | Divulgação

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário