‘Anti-Toro’, nova picape da Ford é preparada para o Brasil

Fontes próximas à montadora afirmam que uma nova picape, baseada na nova geração do Focus, está sendo desenvolvida para o Brasil

Por AutoPapo01/08/18 às 15h30

Uma nova picape da Ford está sendo preparada para o Brasil, segundo reportou a Automobile. A novidade deverá chegar ao mercado com porte semelhante ao da Fiat Toro e da Renault Duster Oroch.

Desde que a Courier saiu de linha, em 2013, a Ford, no Brasil,  tem representante apenas no segmento das médias com a Ranger. O nome da novidade pode, inclusive, permanecer Courier. De acordo com o Automotive News, a Ford registrou este nome comercial nos Estados Unidos. A Ford dos Estados Unidos se negou a confirmar as informações, mas o porta-voz Mike Levine disse que a marca está “expandindo significativamente a linha de produtos na América do Norte com veículos totalmente novos e entrando em novos segmentos”.

A nova picape terá a plataforma da próxima geração do Focus, continua a publicação, que teve acesso a fontes próximas à montadora. O hatch renovado, por sua vez, será introduzido na Europa no ano que vem. Não planos dele vir para o Brasil

Presume-se que a nova picape da Ford será fabricada na planta de Cuautitlan, no México, e que também poderá chegar aos Estados Unidos, em 2022. Por aqui, entretanto, é possível que a vejamos antes. Segundo a publicação, o primeiro modelo da novidade será de 2020.

A declaração de Levine não nega a existência da nova picape da Ford, que parece estar, de fato, nos planos da montadora. Nos Estados Unidos, a marca está tirando de linha, aos poucos, modelos como o Taurus, Focus, Fiesta e Fusion, para investir no segmento dos utilitários, que passa por alta em diversos mercados do mundo.

A nova picape da Ford será maior do que a Courier
A nova picape da Ford será maior do que a Courier, que saiu de linha em 2013

Foto Ford | Divulgação

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário