Novo Duster: teaser mostra mudanças no design

SUV da Renault está sendo totalmente reformulado e, além de nova carroceria, terá novos motores no Brasil, onde chega 2020

Por AutoPapo02/07/19 às 18h56

Enquanto as previsões continuam sendo de que o novo Duster chegará ao Brasil em 2020, a Renault divulgou um teaser na Índia que mostra algumas das mudanças. A novidade deve seguir as mesmas linhas em ambos os países. Por aqui, o SUV ganha, ainda, novos motores 1.3 e 1.3 turbo.

novo duster da renault teaser india

A imagem foi repercutida pelo site indiano Autocar India, que também tem mais informações sobre as mudanças que a francesa planejou para o utilitário. O que se nota, em primeiro lugar, é a nova grade dianteira com detalhes cromados.

Os faróis serão do tipo projetor, mas mantêm o formato já conhecido. O teaser do novo Duster divulgado pela Renault não revela nada além disso, mas já se sabe que ele receberá outras modificações.

Surpreendentemente, o utilitário contará com uma carroceria inteiramente nova, embora ela seja praticamente idêntica à do modelo atual. As sutis diferenças estarão em um capô mais alto e esculpido, de forma a atender às legislações de segurança.

Também foram feitos retoques no para-choques dianteiro, rodas redesenhadas, e revestimentos plásticos para o cano de descarga.

O interior do novo Duster também deve receber mudanças. Na Índia, o utilitário contará com novo volante, saídas de ar-condicionado retangulares, e acabamento com detalhes em alumínio e na cor da carroceria.

Novo Duster terá novos motores no Brasil

Contudo, também já se sabe que nem todas as mudanças serão as mesmas para os dois países. No Brasil, o modelo deve receber novas opções de motorização. A francesa deve equipar seu utilitário esportivo com um 1.3 e um 1.3 turbo.

O motor turbo vai ser capaz de desenvolver 170 cv de potência, segundo apuraram nossos parceiros do Autos Segredos.

Foto Renault | Divulgação

Matéria atualizada em 04/07/2019

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (5 votos, média: 3,80 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
12 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Lélis José Ferreira 9 de julho de 2019

    Ficou muito bonito a frente gostei muito .será que esse versão 1.3 vai ficar mais econômica .Tenho uma Duster gosto muito só que tem um defeito estas versões NÃO são muito econômica no consumo de combustível .

  • Avatar
    Leonardo 4 de julho de 2019

    Tomara que nestas novas versões a chave seja canivete .

  • Avatar
    Marco Antônio Magalhães Reis 4 de julho de 2019

    Tenho um Duster modelo 2016,estou a postando no próximo com mais perfeições para adquirilo .

  • Avatar
    carlos alberto cury harfuch 4 de julho de 2019

    Enquanto a Renault tratar o Brasil como o paraíso Dacia, não compro mais nada do que transformou-se lamentavelmente isso.

    • Avatar
      Fabio 4 de julho de 2019

      Eu se tiver condições compro outro Renault, pois achei melhor que o vouks e o fiat que já tive.

  • Avatar
    Paulo Portella 4 de julho de 2019

    Por que Doster nao tem a Diesel no Brasil

    • Avatar
      Marcos 4 de julho de 2019

      Culpa da legislação brasileira, que proíbe veículos com menos de uma tonelada de capacidade de carga ter motor diesel.

      • Avatar
        Vinicius Moriconi Pacheco 4 de julho de 2019

        Mas o renegade tem. Acho que a Renault não quer. Simples assim.

      • Avatar
        Krusche78 4 de julho de 2019

        E a renegado 4×4 diesel? O fato de ser 4×4 já atende a legislação para ser diesel.

  • Avatar
    Bobperini 4 de julho de 2019

    Claro que tem erro aí. Já se sabe que este novo motor 1.3 turbo terá três variações, 130, 150 e 160 cavalos com 24, 25,5 e 27,5 kgfm respectivamente

  • Avatar
    Iury Launs 3 de julho de 2019

    1.3 aspirado de 130 CV e 24 kgfm ? Duvido em… Aí só pode ter erro de digitação na matéria

    • Avatar
      EDIMAR DE ABREU VARGAS 4 de julho de 2019

      Concordo totalmente. São dados de motor turbo, erro do estagiário.

Avatar
Deixe um comentário