Novo Tracker: primeiras imagens do SUV da Chevrolet surgem na China

Nova geração do Tracker deverá chegar ao Brasil em 2020; ao contrário do modelo atual, ele terá produção nacional

Por AutoPapo16/01/19 às 16h45

Aos poucos, os futuros produtos que a Chevrolet lançará no Brasil vão dando as caras. Depois da segunda geração do Prisma ser revelada na China, foi a vez de imagens do novo Tracker vazarem na internet, também no país asiático. Não é por acaso que informações sobre esses veículos têm sido divulgadas em primeira mão do outro lado do planeta. Afinal, eles estão sendo desenvolvidos em conjunto com a empresa local Saic, parceira da GM.

Novo Tracker deverá chegar ao Brasil em 2020


O novo Tracker utiliza uma nova plataforma, de origem chinesa, batizada de GEM (Global Emerging Markets). Como o nome já diz, ela servirá de base para automóveis destinados a países emergentes. No Brasil, essa arquitetura dará origem a uma série de produtos inéditos: os primeiros serão o Onix e o Prisma, cujo lançamento ocorrerá ainda neste ano.

O novo Tracker será lançado um pouco mais tarde, provavelmente em 2020. Ao contrário do modelo atual, ele será produzido no Brasil. Segundo nossos parceiros do site Autos Segredos, a fábrica de São Caetano do Sul (SP) já está sendo reformulada para fornecer produtos com a nova plataforma.

O que já sabemos sobre o novo Tracker

De acordo com informações reveladas na China, o novo Tracker terá 4,27 metros de comprimento, 1,79 m de largura, 1,60 m de altura e 2,57 m de distância entre-eixos. Se essas medidas se conformarem, ele será só ligeiramente maior que o atual. Porém, o design musculoso, com muitos vincos, dá a impressão de que o SUV cresceu mais.

Novo Tracker deverá chegar ao Brasil em 2020

Dados mecânicos sobre o novo Tracker ainda não foram revelados. Porém, informações extra-oficiais apontam que, no Brasil, ele utilizará motores 1.4 turbo e 1.0 turbo. O primeiro já equipa a atual geração, além da linha Cruze. Já o segundo é inédito: a expectativa é de que ele terá três cilindros e injeção direta de combustível.

3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Fabrício 16 de janeiro de 2019

    Tem que ver o que mais importa em um SUV, porta malas, o atual tem porta malas de Kwid, kkk

  • Julio Cesar 16 de janeiro de 2019

    Carro lindo, vou aguardar o lançamento. A matéria não fala nada sobre o porta malas, espero que seja maior que o do Tracker atual que é minúsculo. A nova geração deveria ter um maleiro acima de 400 L. Alguém teria mais informações ?

  • claudio murilo 22 de janeiro de 2019

    Outra questão fundamental num carro desse valor, que é ridiculo os brasileiros aceitarem, a falta de freio a disco nas 4 rodas

Deixe um comentário