Fiat e Jeep terão motores turbo de 125 a 240 cv no fim de 2020

Novos motores turbo da Fiat e da Jeep chegarão ao mercado no fim do ano que vem e equiparão modelos como Renegade, Compass e Toro, entre outros

Por AutoPapo 22/05/19 às 19h11
Clique para ouvir
Voiced by Amazon Polly

A Fiat Chrysler Automóveis (FCA) anunciou, nesta quarta-feira (22), uma nova fábrica de motores em Betim. Nela, inicialmente, serão produzidos os novos motores Firefly turbo (1.0 e 1.3): o Firefly turbo 1.0 deverá ter potência de 125 cv. O 1.3 terá  185 cv.

O AutoPapo apurou que em breve terá terceiro, ainda sem cilindrada definida, chegará mais tarde, com potência na faixa de 240 cv.

Os novos motores turbo da Fiat chegarão ao mercado no último trimestre de 2020.

As novidades serão fruto de um investimento total de R$ 8,5 bilhões no Brasil – tanto em Betim (MG) quanto em Goiana (PE)

Em fevereiro, o presidente da FCA na América Latina, Antonio Filosa, afirmou que essa nova fábrica irá produzir uma família de cinco motores: os dois anunciados nesta quarta, dois deles já patenteados e um que está em desenvolvimento.

Tecnologia dos novos motores turbo da Fiat

Os novos motores turbo da Fiat têm como base o Firefly, mas com alguns diferenciais importantes: além do turbocompressor, eles terão quatro válvulas por cilindro (Firefly de aspiração natural tem duas), injeção direta de combustível,  e sistema Multiair – com controle eletrônico das válvulas de admissão. Eles terão bloco de alumínio.

Os novos motores turbo ainda terão coletor de descarga integrado ao cabeçote; sistema de arrefecimento misto água/ar integrado no coletor de admissão para refrigerar o ar aspirado; bomba de óleo a cilindrada variável; turbo controlado eletronicamente.

Novos motores turbo da Fiat: 1.3 de quatro cilindros
Motor 1.3 Firefly turbo de quatro cilindros: potência de 185 cv (Foto Boris Feldman | AutoPapo)

Os novos motores Firefly turbo irão equipar modelos como o Jeep Renegade, o Compass, a picape Toro, além de Argo e Cronos.

Boris comenta essa mudança; confira!

Motor turbo 100% a etanol

A Fiat também anunciou que está desenvolvendo um motor com tecnologia turbo voltada apenas à combustão de etanol. Chamado de E4,  objetivo desse protótipo é reduzir o gap de consumo do etanol em relação à gasolina, que é de até 35% atualmente, para obter um motor de alta eficiência energética e baixo impacto ambiental. A FCA está utilizando tecnologias muito inovadoras nesse projeto, algumas das quais desenvolvidas em Betim.

Motores E.torQ continuam em produção

A planta de Campo Largo (PR) vai continuar a produzir os motores E.torQ 1.6 (gasolina, exportação) e 1.8, nas configurações gasolina e flex.

Novos modelos com motores Firefly turbo para o Brasil

Além dos novos motores, a italiana também vai introduzir novos modelos de carros no país, e dois deles serão SUVs. Com isso, também serão feitos investimentos na fabrica de Goiana, em Pernambuco. Um dos utilitários será baseado na picape Fiat Toro, e desenvolvida em cima do conceito Fastback.

Novos motores turbo da Fiat vão equipar futuros lançamentos
Conceito Fastback servirá de inspiração para novo SUV, derivado da Fiat Toro (Foto Felipe Boutros | AutoPapo)

Ele chegará ao mercado brasileiro até 2021, e tomará as linhas de uma Toro reestilizada, a ser lançada no ano que vem.

O outro SUV será da Jeep, e terá capacidade para sete ocupantes. Os dois utilitários carregarão os novos motores Firefly turbo anunciados.

Há, ainda, rumores de um terceiro utilitário, possivelmente também da Jeep, com capacidade para cinco ocupantes.

Outras novidades incluem uma nova picape média da Fiat, a ser posicionada acima da Toro. Ela vai concorrer com Chevrolet S10 e Toyota Hilux, e terá estrutura de chassi. O lançamento deve ocorrer até 2022.

Além disso, a italiana tem outros lançamento preparados, como uma picape compacta da Fiat, que deve substituir a Strada no futuro. Ela vai ter a frente do Mobi, e já foi flagrada em testes. Ela será o primeiro desses lançamentos, e já deve mostrar as caras no ano que vem.

Também faz parte dos planos uma nova geração do Renegade, que chegará ao mercado em 2022. Enquanto isso, o Jeep Compass receberá uma reestilização leve, com lançamento também previsto para o ano que vem.

Por fim, a FCA planeja importar um novo modelo da Ram para o Brasil, a 1500, menor picape da marca. O país também está para receber a nova geração da 2500, que já vendida nos Estados Unidos.

flagra nova ram 2500 2020 marco tulio manzi Fiat Chrysler Automóveis planeja ampla atualização nas gamas da Fiat, Jeep e Ram no Brasil; produção de novos motores Firefly turbo é o primeiro passo.
A nova Ram 2500 já foi flagrada no Brasil (Foto Marco Túlio Manzi | Divulgação)

A marca do grupo FCA também tem um novo modelo planejado, uma picape média da Ram, e ela também tem chances de chegar ao Brasil.

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (4 votos, média: 4,50 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
10 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Fernando 3 de outubro de 2019

    Eu gosto dos carros da Fiat porém, está muito atrasada no lançamento desses motores e deveria parar de vender carro básico onde tudo é opcional, para o carro ficar legal tem que gastar 10 mil em opcionais, todo dinheiro gasto com opcionais se perde na venda.

  • Avatar
    Ângela 26 de maio de 2019

    Ótimo Mas pra que se aqui não tem como usar… um asfalto péssimo e o limite de velocidade apenas para gerar multas.

  • Avatar
    marcus mendes 24 de maio de 2019

    Um V6 de baixa cilindrada ainda é aceitável. Motor do Ford Edge ST , V6 2.7 biturbo da família EcoBoost. São 335 cv de potência torque de 54,4 kgfm.

  • Avatar
    Luis Santos 24 de maio de 2019

    A parte mais importante da notícia, a parte realmente inovadora, ninguém falou, ninguém comentou, ninguém viu.

    FInalmente, depois de mais de 20 anos, teremos um motor com alta (alta mesmo!!!) taxa de compressão, fazendo jus a tudo que álcool (quase 50 anos eu, é álcool!) que pode proporcionar!!!

    “Motor turbo 100% a etanol
    A Fiat também anunciou que está desenvolvendo um motor com tecnologia turbo voltada apenas à combustão de etanol. Chamado de E4, objetivo desse protótipo é reduzir o gap de consumo do etanol em relação à gasolina, que é de até 35% atualmente, para obter um motor de alta eficiência energética e baixo impacto ambiental. A FCA está utilizando tecnologias muito inovadoras nesse projeto, algumas das quais desenvolvidas em Betim.”

  • Avatar
    Cesar Barbosa 24 de maio de 2019

    Você escreve que a Fiat vai lançar o motor “Firefly turbo 1.0 deverá ter potência de 125 cv. O 1.3 terá 185 cv.”, mas nada informa sobre o torque.

  • Avatar
    Engenheiro Motor 23 de maio de 2019

    Ótimo. Ótimo. Otimo.

  • Avatar
    Luiz Felipe Duclos 23 de maio de 2019

    Ótima notícia do Autopapo, ótima notícia da Fiat, cada país tem sua realidade e particularidade, com preço do nosso combustível a Fiat estará acertando em cheio, de que adianta termos veículos com motores V6, V8 e V12 e não podermos alimenta-los devido ao altíssimo preço do combustível praticado no Brasil. Para quem pode ter e manter um V8, V10 ou V12 que compre um carro importado.

  • Avatar
    SIRLEI GOMES 22 de maio de 2019

    ENTÃO BORES É O QUE VOCÊ FALOU QUEM RI POR ULTIMO RI MELHOR, E VOCÊ TEM RASÃO É O QUE A FIAT FEZ SENDO A ULTIMA A LACAR OS MOTORES TURBOS TÃO PEQUENO E MUITA POTENCIA VAI ARREBENTAR.

  • Avatar
    RENATO BARROS 22 de maio de 2019

    Muito estranho, primeiro mundo tem carro motor v6, v8, v12, que são MAQUINAS, aqui vão lançar 1.0 e 1.3 turbo, brincadeira não… .

    • Avatar
      Welber 23 de maio de 2019

      Motores v12 e v8 já estão indo para a extinção. Esses motores da fca firefly podem receber eletrificação que será o futuro.

Avatar
Deixe um comentário