Depois de duas décadas, Fiat Palio “descansa em paz”

Projeto global lançado em 1996, compacto sai de linha para abrir espaço para a produção dos novos modelos da marca italiana

Por AutoPapo28/11/17 às 18h12

Chegou a hora de escrever o obituário: a Fiat deixou de fabricar o Palio. A última geração do hatch, no mercado desde 2011, teve a produção interrompida há algumas semanas. Era feita na Argentina. Com a mudança, a italiana abre espaço para uma “nova Fiat”, com as fabricações de Argo, Cronos e uma vindoura picape compacta. As informações são dos nossos parceiros do Autos Segredos.

A última vez em que o Palio esteve no topo das tabelas dos mais vendidos foi em 2014, quando antiga e nova gerações somaram um total de 22.957 unidades emplacadas – perdendo apenas para o Volkswagen Gol, segundo dados da Fenabrave. Os modelos antigos, Fire e Way, destinados a frotistas, deixaram de ser fabricados no início do segundo semestre deste ano. Agora, o nome Palio abandona a gama da Fiat por completo.

De uns anos para cá, o hatch perdeu terreno para veículos mais modernos, como o atual líder do mercado Chevrolet Onix. O Palio foi lançado mundialmente em 1996. Denominado Projeto 178, o modelo passou por reestilizações em 2000, 2003, 2007 e 2010, mas manteve a mesma carroceria. A última configuração a ser vendida era da segunda geração, lançada em 2011.

linha palio palio fire

Os motores oferecidos eram os 1.0, oriundos da planta argentina, e os 1.4 e 1.6, fabricados em Betim, Minas Gerais.

Embora fontes garantam que o hatch foi descontinuado, a fabricante nega a informação. De acordo com a assessoria de imprensa da Fiat, o Palio “continua em produção em Betim e, portanto, segue no mercado normalmente”. O modelo segue no site da marca, mas já está difícil encontrá-lo nas revendas.

Extinção da linha Palio abre espaço para o Cronos

A Fiat revelou, nesta semana, as primeiras imagens do Cronos, sedã que fará parte da nova proposta da marca. As vendas estão previstas para o primeiro trimestre do ano que vem, e os preços devem ficar entre R$56 mil e R$80 mil. O três volumes vai competir com Volkswagen Virtus, novidade da montadora alemã para o Brasil, e também com o Chevrolet Cobalt, o Honda City e o Nissan Versa.

Salvar

Salvar


VEÍCULOS RELACIONADOS

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário