8 placas de trânsito que você provavelmente nunca viu

Entre as mais de 100 placas de regulamentação e advertência, selecionamos oito que são pouco - ou nunca - encontradas no Brasil

Por AutoPapo 26/02/19 às 17h55

As placas de trânsito estão nos manuais para formação de condutores, nas provas de legislação e nas ruas. Bem, a maioria delas está nas ruas. Selecionamos oito entre as placas de regulamentação e advertência que os motoristas deveriam conhecer, mas raramente são encontradas em todo o território brasileiro.

Para os condutores mais desatentos, vale o lembrete: as placas de regulamentação são as vermelhas, que têm como objetivo informar aos usuários as condições, proibições, obrigações ou restrições no uso das vias. Suas mensagens são sempre imperativas e o desrespeito à elas constitui infração.

As que contêm a borda vermelha são as de obrigação e restrição. As que adotam o círculo cortado, por sua vez, indicam proibição.

As placas de trânsito amarelas, conhecidas por sinalização vertical de advertência têm como finalidade advertir os usuários da via sobre uma possível situação de risco. Elas possuem caráter de recomendação.

Selecionamos oito placas de trânsito - que indicam regulamentação ou advertência - pouco vistas nas ruas e estradas brasileiras.

Significado das placas de trânsito pouco comuns

1. Junções sucessivas contrárias à direita

Adverte ao condutor cruzamentos próximos entre si.

2. Vento lateral

A placa de trânsito indica condição insegura à frente. Diminua a velocidade e abaixe os vidros.

3. Projeção de Cascalho

Aumente a distância de seguimento.

4. Ponte móvel

Atenta para existência adiante de uma ponte móvel.

5. Trânsito compartilhado por ciclistas e pedestres

Adverte que a frente existe circulação de ciclistas e pedestres.

6. Alfândega

Determina a presença de uma repartição alfandegária, onde a parada é obrigatória.

7. Uso obrigatório de corrente

Utilizada em vias sem pavimentação ou com ocorrência de neve.

8. Trânsito proibido a carros de mão

Proibido trânsito de carro de mão é o que significa a placa de trânsito.

Mais sobre placas de trânsito: a diferença entre as placas PARE

Selecionamos oito placas de trânsito - que indicam regulamentação ou advertência - pouco vistas nas ruas e estradas brasileiras.

Nem todos os motoristas se lembram, mas as placas de pare amarelas e vermelhas não têm o mesmo significado. A vermelha, que indica regulamentação, obriga o condutor a parar o veículo antes de entrar na via. Ela é a única das placas de trânsito em formato octogonal.

A amarela, por sua vez significa parada obrigatória à frente. Ela alerta o condutor para a existência adiante de uma parada obrigatória.

Para saber mais sobre as placas de trânsito, acesse o Código de Trânsito Brasileiro.

  • Se não conhece os significados das letras nas observações da CNH, clique aqui
Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (8 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Richard 26 de fevereiro de 2019

    Olha! Sempre é bom materias falando sobre sinalização. Principalmente para o proprios engenheiros e agentes de transito. Mas as que eu nunca vi no Brasil foram as 7 e 8, sendo que a 5 virou moda (ao menos no sul). O que é uma raridade, aqui no sul é sinalização de solo, sinalização de solo correta e aquela placa de pare amarela é assim quase como ganhar na mega-sena. Sendo que por aqui, se colocarem é capaz do cidadão parar na hora.

Avatar
Deixe um comentário