Polícia investiga BMW por carros que pegam fogo em Seoul

Suspeita é de que marca tinha conhecimento do defeito que levou 40 veículos a pegarem fogo no país asiático e recalls em várias regiões

Por AutoPapo31/08/18 às 15h00

A sede da BMW em Seoul, na Coreia do Sul, passou por uma busca da polícia local, na quinta-feira (30). Segundo reportou a agência Yonhap, 30 investigadores foram à sede da companhia. A polícia investiga a BMW por ter conhecimento prévio com relação a carros que pegam fogo e não tomar atitude adequada.

Logo BMW Polícia investiga BMW por suspeita de que marca conhecia defeito que levou 40 veículos a pegarem fogo no país asiático e recalls em várias regiões.

No início do ano, a montadora fez um recall na Coreia do Sul para consertar carros que apresentavam risco de incêndio. Foi detectado que 42 modelos diferentes apresentavam falhas na válvula do exaustor de gás de recirculação (EGR). 106 mil veículo foram afetados apenas no país.

Mais tarde, o recall chegou à Europa, e outros 340 mil veículos foram considerados perigosos. O componente é mais utilizado em carros a diesel e serve para controlar a emissão de poluentes.

Agora, as polícia investiga BMW na Coreia do Sul por suspeitas de que a montadora tivesse conhecimento do defeito. Os oficiais recolheram documentos e materiais do local. Apenas este ano, 40 motores da BMW já pegaram fogo no país asiático, e carros se incendiaram.

O ministro do transporte no país chegou a considerar a proibição da circulação de 20 mil carros da marca que ainda não haviam passado pela checagem de segurança do recall, reportou o Carscoops.

Enquanto polícia investiga BMW, proprietários vão entrar com ação

Também há relatos de que um grupo de proprietários de carros da BMW na Coreia do Sul planeja entrar com um processo. São 1.226 clientes da marca, que devem se dirigir, hoje (31), à corte distrital de Seoul para dar entrada na ação. O grupo vai exigir compensação no valor de 15 milhões de won, o equivalente a US$ 13.500, devido a danos psicológicos e custos de aluguel de carros.

Espera-se que mais proprietários de juntem ao grupo com o passar do tempo. Apesar dos 40 carros que pegaram fogo, não houveram vítimas.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário