[Recall] Mercedes GL, GLE, GLS e ML podem pegar fogo

Vazamento de óleo no reservatório da suspensão atinge 186 unidades no Brasil; marca propõe a substituição da vareta de nível de óleo do reservatório

Por AutoPapo24/08/18 às 14h40

A Mercedes-Benz convocou 186 unidades dos modelos GL, GLE, GLS e ML para recall nesta sexta-feira, 24. Os carros correm risco de pegar fogo por um problema de vazamento de óleo no reservatório da suspensão ativa. Como solução, a marca oferece a substituição da vareta do nível de óleo no reservatório.[

Os GL, GLE, GLS e ML que apresentam o defeito foram fabricados entre abril de 2012 e fevereiro de 2016.

O reparo já pode ser agendado em uma das concessionárias da fabricante. Para marcar um horário ou esclarecer possíveis dúvidas, basta ligar no telefone 0800 970 90 90 ou entrar em contato pelo chat online na página de recall.

Confira os chassis dos modelos GL, GLE, GLS e ML envolvidos no chamamento:

Mercedes GL

  • Chassis envolvidos: WDCDF7EW4DA185119 a WDCDF7EW1GA626824
  • Data de fabricação: janeiro de 2013 a setembro de 2015

Mercedes GLE

  • Chassis envolvidos: WDCED7EW7GA015934 a WDCDA7EW2GA725747
  • Data de fabricação: outubro de 2015 a fevereiro de 2016
Cento e oitenta e seis unidades dos modelos Mercedes GL, GLE, GLS e ML foram convocadas para reparar um problema no reservatório de óleo da suspensão ativa.
Mercedes-Benz GLE

Mercedes GLS

  • Chassis envolvidos: WDCDF7FW5GA629529
  • Data de fabricação: julho de 2015
Cento e oitenta e seis unidades dos modelos Mercedes GL, GLE, GLS e ML foram convocadas para reparar um problema no reservatório de óleo da suspensão ativa.
Foto Mercedes-Benz | Divulgação

Mercedes ML

  • Chassis envolvidos: WDCDA7EW5CA073944 a WDCDA7EWFA546651
  • Data de fabricação: abril de 2012 a janeiro de 2016
Cento e oitenta e seis unidades dos modelos Mercedes GL, GLE, GLS e ML foram convocadas para reparar um problema no reservatório de óleo da suspensão ativa.
(Divulgação)

Além dos modelos GL, GLE, GLS e ML

Donos de automóveis Mercedes-Benz C 180, C 200, C250, SLK 200 e CLK 200 produzidos de 2009 até 2013 estão sofrendo com um problema nas engrenagens dos eixos de comando de válvulas, que se identifica por um ruído quando o motor é acionado. A dificuldade enfrentada pelos usuários destes modelos é que o defeito só aparece em elevadas quilometragens, acima de 60 mil ou 70 mil km, quase sempre depois de vencido o período de garantia. Entenda o caso!

Fotos Mercedes-Benz | Divulgação

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário