Por que a Vemaguet, carro brasileiro, tem as quatro argolas da Audi?

A resposta para essa pergunta conta a história de alguns dos primeiros automóveis fabricados no Brasil e sua relação com as alemães

Por Boris Feldman 07/06/19 às 16h55

A Vemaguet foi produzida pela Vemag SA, uma empresa brasileira que comprou da DKW na Alemanha os direitos para produzir seus modelos no Brasil. Começou em 1957 com a perua Vemaguet (foi o primeiro automóvel produzido aqui, sem contar a Romi-Isetta, lançada em 1956, meio carro, meio moto) e tinha motor 2 tempos de três cilindros, 1.0 litro de cilindrada e tração dianteira.

dkw vemaguet 19601
Vemag Vemaget de 1960

Além da Vemaguet, vieram depois outros DKW’s: o sedã Belcar, o jipe Candango e o luxuoso cupê Fissore. Sua mecânica foi aproveitada para um carro esportivo com carroceria de fiberglass, o GT Malzoni que depois virou Puma DKW. (E mais tarde, o Puma VW).

A DKW era uma das quatro marcas que se reuniram na Alemanha em 1932 numa única empresa, a Auto Union: DKW, Audi, Horch e Wanderer. A Horch produzia carros ainda mais luxuosos que a Mercedes, a Wanderer se especializou em esportivos e a DKW em carros baratos e populares.

Elas continuaram produzindo independentemente até a Segunda Guerra Mundial, mas adotaram o logotipo das quatro argolas, cada uma simbolizando uma delas. Mais tarde, outra alemã que aderiu à empresa foi a NSU.

auto union audi dkw horch wanderer A resposta para essa pergunta conta a história de alguns dos primeiros automóveis fabricados no Brasil, como a Vemaguet, e sua relação com as alemães.
Loja da Auto Union (Audi | Divulgação)

Depois da guerra, sobreviveram apenas a DKW e a Audi. Os motores tricilíndricos de dois tempos lubrificados por mistura de óleo à gasolina eram fumacentos, poluíam e se tornaram inadequados para os novos tempos. Foi descontinuada, então, sua produção e a empresa se dedicou à marca Audi que se tornou, assim, a última herdeira do logotipo das argolas.

gt malzoni com logo da audi reproducao do flickr A resposta para essa pergunta conta a história de alguns dos primeiros automóveis fabricados no Brasil, como a Vemaguet, e sua relação com as alemães.

Como a marca DKW era uma das quatro, os carros da Vemag no Brasil exibiam a marca DKW-Vemag e o logotipo da Auto Union. Em 1965, a Volkswagen comprou a Audi na Alemanha. Em 1967, sua subsidiária no Brasil adquiriu a Vemag e encerrou a produção da linha DKW, que teve mais de 100 mil unidades produzidas desde 1957.

Fotos, a não ser quando indicado Reprodução da internet

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (3 votos, média: 5,00 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Daniel Arlindo da Silva 8 de junho de 2019

    Esse carrp e bom e chaparia esselente notor economicoo que e bom eles param de fabricar.

  • Avatar
    RICARDO GUEDES 8 de junho de 2019

    Resta acrescentar a matéria que a DKW já tinha o projeto pronto de um motor 4 tempos refrigerado a água, quando a vê comprou a empresa utilizou por muito tempo esse motor que é o AP e que tanto sucesso fez, razão das 4 argolas no bloco, os DKW há eram melhores que os fuscas e com o motor AP a história seria outra, aliás o AP foi desenvolvido pela DKW em parceria com a Mercedes.

Avatar
Deixe um comentário