Quilometragem média de carros usados é de 13 mil no 1º ano

Agência que analisa o mercado automotivo descobriu a média de rodagem dos carros brasileiros, e também as diferenças entre regiões e tipos de veículos

Por AutoPapo08/04/19 às 15h30

De acordo com a Kelly Blue Book (KBB), a quilometragem é a característica mais comum e objetiva a influenciar no valor de um carro. A empresa que analisa o mercado automotivo entende que a razão por trás disso é que a rodagem afeta diversos outros fatores do veículo.

Entre eles, estão as condições da estrutura do veículo, conservação dos componentes, situações dos pneus e histórico de manutenção. Por isso, conhecer a média de quilometragem alcançada por um carro no primeiro ano de uso pode ser uma informação interessante na hora de comprar um usado.

Agência que analisa o mercado automotivo descobriu a média de quilometragem dos carros brasileiros, e também as diferenças entre regiões e tipos de veículos

De acordo com a KBB, a média brasileira são 12.900 quilômetros rodados no primeiro ano de vida do carro. Depois, esse número vai diminuir cerca de 390 km por ano. Esta, contudo, é a média brasileira, e a quilometragem vai variar até 6.500 km entre os estados brasileiros.

Quilometragem rodada por ano em cada estado

Estado Quilômetros
Acre 13.300
Alagoas 12.900
Amapá 12.500
Amazonas 12.800
Bahia 12.500
Ceará 11.900
Distrito Federal 14.600
Espírito Santo 11.700
Goiás 13.700
Maranhão 13.000
Mato Grosso 14.600
Mato Grosso do Sul 13.700
Minas Gerais 12.900
Pará 12.100
Paraíba 13.100
Paraná 13.100
Pernambuco 11.100
Piauí 12.600
Rio de Janeiro 11.600
Rio Grande do Norte 13.400
Rio Grande do Sul 12.200
Rondônia 12.500
Roraima 14.300
Santa Catarina 12.800
São Paulo 13.000
Sergipe 13.100
Tocantins 17.600

Rodagem por tipo de carro

A KBB também apurou a quilometragem média anual de acordo com a categoria dos automóveis. A agência separou os veículos de acordo com a proposta de uso. Os de passeio incluem hatch, sedã e perua, separados por porte. Os utilitários são os SUVs, picapes e vans, também separados de acordo com o porte.

Categoria Quilometragem no 1º ano
Passeio pequeno 13.000 km
Passeio médio 11.700 km
Passeio grande 10.100 km
Utilitário pequeno 14.000 km
Utilitário médio 13.700 km
Utilitário grande 12.000 km

Como destaca a KBB, é interessante observar que a categoria que mais cresce em vendas, a dos SUVs, também foi a campeã de quilometragem no primeiro ano.

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (3 votos, média: 4,33 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
4 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Joao 4 de junho de 2019

    Realmente o Km não diz nada! Já peguei carros com km alto e com motor em excelente estado e veículos com km baixo e com motor fumando já. Vai muito do dono, o cuidado, as trocas nos prazos, o zelo. Tem que olhar a “maquina” como um todo.

  • Avatar
    Gabriel 9 de abril de 2019

    Conheci uma pessoa que disse que nunca trocou óleo, pois acreditava que bastava completar o nível apenas. Então quem pegava a bomba era o coitado que comprava o carro dele.

    Um amigo meu comprou um carro com 5 anos de uso e uns 25.000 km rodados… o motor estava cheio de borra de óleo, tudo indica que o ex-dono não trocava o óleo no prazo correto. Ou seja, quilometragem não diz nada.

  • Avatar
    Geraldo José Cerqueira Xavier 8 de abril de 2019

    Eu tenho um critério,quando o carro atingir 25000 KM ou 2ano de uso, eu vendo considerando todos parâmetros técnicos.

  • Avatar
    Paulo Roberto 8 de abril de 2019

    Acho que quilometragem não diz muita coisa a respeito do estado de conservação e desgaste do veículo, pois tem gente que faz trajetos curtos (andar menos de 10 km) e troca o óleo como se fosse uso normal, sendo que trajetos curtos é uso severo e se deve trocar na metade do prazo. O mesmo vale para trânsito urbano e pior ainda uso de combustível batizado.

Avatar
Deixe um comentário