Recado ao ministro Sergio Moro

O Petrolão é um dos maiores escândalos de corrupção de todo o mundo; mas saiba que a fraude do seguro obrigatório DPVAT é ainda maior

Por Boris Feldman 24/01/19 às 19h25

O Petrolão é um dos maiores escândalos de corrupção de todo o mundo: cerca de R$ 9 bilhões foram desviados da Petrobras. Mas saiba que a fraude do seguro obrigatório DPVAT é maior ainda.

Boris Feldman fala sobre o assunto e manda um recado ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

[TRANSCRIÇÃO]

Meu caro ministro Sergio Moro, depois da sua posse, o brasileiro se encheu de esperança, para não dizer que tem quase certeza, de que as coisas estão mudando e vão mudar ainda mais no país. Eu gostaria de me referir especificamente, hoje, a essa gigantesca maracutaia representada pelo DPVAT, o tal Seguro Obrigatório.

Porque cada vez vão surgindo mais documentos e depoimentos revelando esse escândalo financeiro, que eu só vou dar um número aqui: se o meu prezado ministro acha que o dinheiro desviado da Petrobras, da ordem de R$ 9 bilhões é muito, saiba que o dinheiro do DPVAT desviado da Seguradora Líder ainda é mais do que o desvio efetuado pela Petrobras.

O último documento que eu tive condições de ler foi o depoimento de uma médica que mora no Rio, contratada pela Líder para fazer perícias nos acidentados de trânsito. Pois não é que ela tem um e-mail, está por escrito, a Seguradora Líder explicando como é que ela deveria alterar a gravidade das lesões para favorecer a Seguradora Líder. É exatamente isso que o senhor ouviu.

Funcionários da Susep, Superintendência do Seguro Privado, ficaram tão incomodados com essa impunidade dos ex-conselheiros e dos ex-diretores da Seguradora Líder, que enviaram um documento para a Polícia Federal descriminando toda essa maracutaia. Aliás, tudo isso começou em 2015, com a operação Tempo de Despertar, do Ministério Público de Minas Gerais e da Polícia Federal, que relacionaram, nome por nome, todos esses ladrões que assaltaram os cofres da Seguradora Líder.

O Conselho Nacional do Seguro Privado, que estabeleceu no final do ano passado este novo valor do DPVAT, de apenas R$ 12, contra os mais de R$ 100 cobrados até o ano de 2016, chegou a pensar em extinguir a Seguradora Líder. Pois é o único monopólio do mundo em relação ao seguro obrigatório. Por que isso não foi feito, ministro Sergio Moro? Porque existem grupos financeiros pesados interessados em que essa maracutaia continue por toda a vida. É interesse de cada um desses grupos financeiros

Será que agora vai haver uma punição e esses criminosos vão para o xilindró?

Fraude na Líder e no seguro obrigatório DPVAT é maior do que o Petrolão
SOBRE
29 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Valter Carlos alcantara 5 de janeiro de 2020

    Todos no xadrez vendo o sol nascer quadrado.

  • Avatar
    Alceu Georgi 4 de janeiro de 2020

    Amigo!
    Só no Brasil ocorre que, mesmo que o proprietario de veículo tenha seguro total próprio e contra terceiros em elevada monta, mesmo assim é obrigado contribuir com o seguro Oficial, para sustenrar esta quadrilha organizada, para, via Estado, tomar recursos privados, sob pena de apreensão do seu veiculo e multa.
    Isto é escravidão e espoliação.
    O mesmo esquena existe e e praticado com a cobrança do IPVA, IPTU, ITR…
    Há necessidade de quebrar estes velhos grilhões do Brasil colônia, dos coronéis das 5 capitanis…

  • Avatar
    Valdir Sebastiani 4 de janeiro de 2020

    O Sr. Boris deveria mandar esse comentário ao ministro Dias Toffoli, este impediu a extinção da obrigatoriedade de pagamento do DPVAT.
    Façam a cobrança à pessoa certa, por favor.

  • Avatar
    Marcio lungov 3 de janeiro de 2020

    Ministro Mouro com a palavra, o repórter do Autopapo fez a denuncia, esperamos suas providências?

  • Avatar
    Terezinha Pereira 3 de janeiro de 2020

    Sofri um acidente de onibus em 2012 bati com o meu braço no ferro onde o passageiro segura, tive fratura rxposta fiz uma cirurgia de 4 hs Na Cada de Portugall ,tenho uma placa de titânio e 22 parafusos e 50 0por cento dos movimestos do braço recupetado depois de200 duzentas sessões de fisioterapia. O Sr DPVAT me mandou um ch fe 200 reais Duzentos Reais.Rasguei essa m…e nunca fiz uso disso. Vergonha Nacional

  • Avatar
    HENRIQUE THIESEN 3 de janeiro de 2020

    Min. Sergio . Moro….AJA COMO DEVE SER REFERENTE AI ROUBO DO SEGURO DE VEICULIS…QUUE AS REDES DO CRIME VOSCIFERAM…PELA DOR…DE DESCOBRIREM SEUS ROUBOS….E TENHA CERTEZA QUE AS CRITICAS E AO NOSSO PRSIDENTE VIRÃO….COM COISINHAS BÕBAS…QUE SÓ VINGAM EM MEIOS DE PESDOAS QUE NÃO LEEM NADA…E ESCUTAM A GLOBOLIXO…..A GRANDE MAIORIA DO POVO BRASILEIRO….ESTÁ LIGADA….NA BOA INFORMAÇÃO E OS APOIARÁ SEMPRE….

  • Avatar
    Gilson Araújo Carvalho 3 de janeiro de 2020

    A maracutaia com os médicos e grande , esses legistas recebem muito dinheiro pra poder negativar as perícias , eu sou um exemplo vivo disso , perdi mais de 50 por cento do movimento do meu pé em um acidente , e o legista falou pra mim que eu não teria direito nenhummmm , já foi pra o inferno esse molequeeee

  • Avatar
    Sandra Fernandes 3 de janeiro de 2020

    Podridão. É preciso acabar com essa máfia!! Ou então que tal lançarmos um boicote ao pagamento desse imposto que só beneficia os canalhas? E quem é o presidente da Seguradora Líder?? Tem muito a ser investigado em mais esse escândalo de grandes proporções!!

    • Avatar
      Cintia 3 de janeiro de 2020

      A viver e a mulher do Gilmar Mendes

  • Avatar
    FLAVIO ROBERTO ECKERT 2 de janeiro de 2020

    Não tenho dúvidas que tem muita canalhice com o DPVAT. Os urubus de toga do STF agiram rapidamente para defender mais uma roubalheira.
    O STF só age para defender bandidos.

    • Avatar
      Fernando Cavalcanti 3 de janeiro de 2020

      Infelizmente, esta é a verdade.

  • Avatar
    Maria José Farias 2 de janeiro de 2020

    Nada mais me surpreende. Deus nos ajude.

  • Avatar
    Nivaldo Palhares Silva 2 de janeiro de 2020

    Boris, boa noite! Tudo bem?
    Sou irmão da sua amiga Malvina Palhares.
    Será que este desvio financeiro e estas maracutaias não acontecem a mais tempo?
    Será que se não começarmos a “fuçar” está caixa preta não descobriremos mais coisas?
    Grande abraço e um feliz ano Novo.

    • Avatar
      Maria José Farias 2 de janeiro de 2020

      Obrigada,idem a todos

  • Avatar
    Geraldo M Cordeiro 2 de janeiro de 2020

    Tanto o IPVA com o o Dpvat são ilegais e alimentam uma enorme rede de corrupção no Brasil. Os políticos brasileiros são muito criativos para inventar impostos! Porque será?

  • Avatar
    Ronald Lustosa 2 de janeiro de 2020

    Sempre desconfiei do DPVAT
    Eles só pagam ao sinistrado depois q ele tem alta médica
    Tem sinistrado q ainda não recuperou, por exemplo, de fraturas ou outras lesões, pedindo alta pra enfim receber porque tem direito. Seguro ? Obrigatório?

  • Avatar
    João Souza 2 de janeiro de 2020

    DEScriminando ou DIScriminando?
    Isso altera, em muito, a interpretação deste texto.
    Atenção!!!!!!

    • Avatar
      Regina 3 de janeiro de 2020

      No texto acima, com o sentido de descrever para esclarecer, escreve-se “discriminar”.

  • Avatar
    Edimilson Borges de Araujo 2 de janeiro de 2020

    Tenho certeza que o presidente do STF Dias Toffoli, está envolvido nessas falcatruas, pois, qual o interesse dele em ir de encontro a MP do governo que reduziria o valor do DPVAT, muito estranho.

    • Avatar
      FLAVIO ROBERTO ECKERT 2 de janeiro de 2020

      Não tenho dúvidas que tem muita canalhice com o DPVAT. Os urubus de toga do STF agiram rapidamente para defender mais uma roubalheira.
      O STF só age para defender bandidos.

  • Avatar
    Sebastião Domingos da Silva 1 de janeiro de 2020

    Já pagamos o imposto na compra do veículo. Agora;se o veículo custa 60.000,00 + 5% durante + 20 anos, estará totalmente desvalorizado, Enquanto já pagamos o dobro do valor. Fora IPVA!

  • Avatar
    Sebastião Domingos vida Silva 1 de janeiro de 2020

    Já pagamos o imposto na compra do veículo; porque temos que continuar pagando durante mais 20 anos depois o carro não vale mais nada, ainda vem o maldito IPTU daqui de Osasco arrebentando com a gente num valor absurdo entre os mais altos do Brasil. Assim tá difícil. Vou voltar pra roça!

  • Avatar
    EMMANUEL HERBERT MEDEIROS DE ANDRADE 19 de novembro de 2019

    Abaixo o IPVA também…não sou obrigado a todo ano provar que tenho o bem pagando o imposto….nada me retorna de benefícios.
    Abaixo o IPVA.

    • Avatar
      Nina 3 de janeiro de 2020

      Idem a todos.
      O país estava mergulhado na bosta.
      Ah meu ministro,
      ah meu presindente.
      Com Deus vocês irão limpar, toda essa bagaceira. Eu espero.

  • Avatar
    Carlos Cezar 12 de maio de 2019

    Será que o governador Wilson já sabe de toda essa fraude da seguradora líder contra os acidentados? Seria ótimo que chegasse até a ele essas denúncias.

  • Avatar
    Valmir de Souza Duarte 1 de fevereiro de 2019

    Vergonhoso…

  • Avatar
    Francinaldo Abílio da Silva 31 de janeiro de 2019

    Pedir o rim e o baço quebrei o braço ele na pagaram nada pra mim

  • Avatar
    Darcir Valério 30 de janeiro de 2019

    Cana brava para estes fraudadores do erário público – não há que ter complacência , caso contrário o Brasil não se livre desta praga de corrupção e suas consequências malévolas para a saúde, educação , qualidade de vida , edtc.

  • Avatar
    Edinaldo da Silva sousa 29 de janeiro de 2019

    Amigo queria que vc comentasse sobre essa placa padrão Mercosul
    Esse valor absurdo
    A pouco tempo atrás lancaram uma placa agora essa com padrão Mercosul
    Tem como isso chegar na mão do Sérgio moro

Avatar
Deixe um comentário