[Recall] Três modelos Mercedes-AMG com risco de incêndio

A fabricante está convocando C 43, C 450 AMG e GLC 43 para corrigir falha no motor de partida que pode levar a superaquecimento

Por AutoPapo18/09/18 às 18h30

Três modelos da Mercedes-AMG com risco de incêndio foram convocados para um processo de recall. Estão envolvidos o C 450, C 43 e GLC 43, com fabricação entre setembro de 2015 e março de 2017.

Os veículos da Mercedes-AMG com risco de incêndio, C 43, C 450 AMG e GLC 43, foram convocados para corrigir falha no motor de partida.
Mercedes-AMG C 43 de 2017 está entre os envolvidos

Segundo informa a marca, as chamas podem ser causadas por um defeito no motor de partida. O incêndio pode ser possibilitado por uma sobrecarga no limitador de corrente de partida. Isso pode acontecer se a partida do motor do veículo tiver sido bloqueada anteriormente, e o proprietário insistir no procedimento com o motor travado.

As tentativas de fazer o carro funcionar podem levar a um superaquecimento no limitador de corrente que, por sua vez, geraria fogo.

Modelos da Mercedes-AMG com risco de incêndio

Modelo Chassis envolvidos Fabricação
C 450 AMG WDDWF6EW7GF250647 a WDDWF6EW9HF496357 Setembro de 2015 a março de 2017
Mercedes-AMG C 43 WDDWF6EW7GF250647 a WDDWF6EW9HF496357  Setembro de 2015 a março de 2017
Mercedes-AMG GLC 43 WDC0G6EWXHF130897 aWDC0G6EW2HF187529 Setembro de 2016 a dezembro de 2016

Para análise dos veículos e correção do problema, proprietários devem entrar em contato com a rede autorizada da Mercedes-Benz e agendar o atendimento. O serviço está aberto desde o dia 17 de setembro. Mais informações e consultas de chassi estão disponíveis na página de recall da marca ou pelo telefone 0800 970 90 90.

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário