[Recall] Toyota Camry: unidade tem defeito no cinto de segurança

Marca anunciou campanha de recall para uma unidade, pois ela pode apresentar mau funcionamento nos cintos de segurança traseiros

Por AutoPapo 27/12/19 às 17h00

Um recall do Toyota Camry foi anunciado, na quinta-feira (26), para avaliar e corrigir possível defeito em uma unidade. Risco é de falha no funcionamento do cinto de segurança traseiro.

2018 toyota camry: Marca anunciou campanha de recall para uma unidade, pois ela pode apresentar mau funcionamento nos cintos de segurança traseiros


Segundo esclarece a marca, em comunicado, o carro envolvido na presente campanha é equipado de série com cintos de segurança traseiros com duplo sistema de travamento. No entanto, foi identificado que durante sua produção, um dos sistemas de travamento pode não ter sido montado corretamente nos cintos de segurança traseiros do veículo.

A condição apresentada acima pode fazer com que o cinto de segurança não seja retraído de forma adequada em casos de freadas bruscas ou colisões, aumentando o risco de ferimentos aos ocupantes do veículo.

Recall do Toyota Camry

Modelo Fabricação Chassi
Camry 26/08/2019 JTNBZ3HK9K3011453

A medida que será tomada no recall do Toyota Camry, segundo a marca, é a inspeção dos 3 (três) cintos de segurança traseiros instalados no veículo (lado direito, central e lado esquerdo) para identificar a possibilidade de existência do defeito mencionado acima.

Caso seja confirmada a existência do defeito, será realizada a substituição do(s) cinto(s) de segurança traseiro(s) envolvido(s) na presente campanha.

O tempo de inspeção e eventual reparo no recall do Toyota Camry é de aproximadamente 2 (duas) horas, estima a fabricante japonesa.

O atendimento começa a partir de 20 de janeiro de 2020, quando a Toyota realizará inspeção e eventual substituição do(s) componente(s).

Para responder à revocação, o proprietário deve entrar em contato com a rede de concessionárias autorizadas e fazer o agendamento prévio.É possível consultar a lista de endereços no site da marca.

Lembramos que, de acordo com a lei, campanhas de recall são gratuitas e não têm data de validade, mas devem ser atendidas o quanto antes, pois tratam de defeitos que comprometem a segurança dos ocupantes e de terceiros.

Foto Toyota | Divulgação

0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário