Conheça os superesportivos da Mercedes no AMG Performance Tour 2019

A AMG era uma oficina sofisticada que preparava os carros produzidos pela Mercedes, até se tornar o departamento de 'veneno' da própria marca alemã

Por Boris Feldman 27/12/19 às 19h00

Eu estive na pista de Capuava – SP,  onde a Mercedes trouxe meia dúzia dos seus ‘foguetes’ AMG para alguns jornalistas experimentarem. Na verdade para se divertirem mais do que para trabalharem, não é?

A AMG era uma oficina sofisticada que preparava os carros produzidos pela Mercedes, até que a fábrica a adquiriu e a transformou no seu departamento de ‘veneno’. Se tem a sigla AMG, pode saber: tem motor com mais potência, suspensão, freios, direção, câmbio tudo alterado para dar mais desempenho.

Mercedes-AMG GLC 63 4MATIC+

mercedes
Foto Mercedes – Benz | Divulgação

O GLC 63 4MATIC é como todo GL, um SUV. Só que por ser um AMG é muito mais esportivo, com sua aceleração de 0 a 100 em apenas quatro segundos, do que um utilitário, e com um motor de 476 cavalos para empurrar suas duas toneladas de peso.

O 4MATIC quer dizer tração nas quatro com distribuição automática do torque pra frente ou para trás de acordo com a necessidade. O interior é Mercedes, super sofisticado e o motor, como todos os AMG V8, tem a assinatura do engenheiro que o montou do começo até o fim.

Mercedes-AMG A 35 4MATIC  

amg a 53 divulgacao mercedes
Foto Mercedes-Benz | Divulgação

Esse amarelinho é um ‘capetinha sobre rodas’. É o de menor entre-eixos, o motor menos bravo de todos com apenas 306 cavalos, porém o mais leve, só 1.550 kg. E, nessa pista travada de Capuava, a tração nas quatro rodas com distribuição automática é simplesmente perfeita. Seu 0 a 100? Acreditem, em apenas 4,7 segundos.

O A 35 é o mais barato dos AMG, R$ 279.900 na versão de entrada e, R$ 285.900 a versão Launch Edition. Mas não precisa de mais do que isso e, portanto, é o meu preferido.

Mercedes-AMG GT 63 S 4MATIC+  

amg gt 63 s divulgacao mercedes
Foto Mercedes-Benz | Divulgação

O GT 63 não é um Mercedes preparado, porém um projeto da própria AMG. Nesse caso, um ‘cupezão’ de quatro portas para peitar o Porsche Panamera. Ele tem o motor mais bravo de todos, um V8 biturbo de 639 cavalos pra empurrar os 2.100 kg.

E para frear esse monstrinho, freios a disco de cerâmica com seis pistões em cada pinça. E pra ajudar nas curvas, além da distribuição automática de torque nas quatro rodas, as traseiras também esterçam.

O 0 a 100 em 3,2 segundos. O consumo? Não cabe aqui nessa ficha técnica.

Mercedes-AMG GT C Roadster  

amg gt c roadster divulgacao mercedes
Foto Mercedes-Benz | Divulgação

E, finalmente a versão conversível do GT, o C Roadster, um carro super agradável que não tem um motor tão bravo, ‘coitado’, apenas 557 cavalos, mas que não pesa duas toneladas, apenas 1.700 kg, e que faz de 0 a 100 em 3,7 segundos.

Quer curtir o sol mesmo no frio? Não se preocupe, ele sopra um ar quente na altura da nuca, um verdadeiro cachecol elétrico.

banco com aquecimento mercedes gt c roadster
Foto Mercedes-Benz | Divulgação
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Paulo Vasconcelos 3 de janeiro de 2020

    Mto top amg a35
    Agora estou em dúvida em qual escolher, a250 launch edition ou a35 que é um pouco mais agressiva…. na cor branca kkkkk

Avatar
Deixe um comentário