T-Cross completo ou Tiguan ‘de entrada’? Qual é o melhor negócio?

SUV recém-lançado divide a mesma plataforma e motor com o modelo importado; um leva a melhor em espaço e acabamento, o outro em equipamentos e desempenho

Por Felipe Boutros22/02/19 às 18h37

O T-Cross, novo SUV da Volkswagen, foi lançado com preços entre R$ 84.990 e R$ 109.990. Completo, na versão Highline com todos os opcionais, o modelo belisca os R$ 125 mil. Neste preço, ele “belisca” outro utilitário esportivo da linha da marca alemã, o Tiguan, em sua versão de entrada 250 TSI com cinco lugares tabelado em R$ 128.990

O T-Cross e o Tiguan utilizam a mesma plataforma – a MQB, mas com dimensões diferentes – e o mesmo motor, o 250 TSI 1.4 turboflex com injeção direta de combustível e que desenvolve 150 cv a 4.500 rpm e torque de 25,5 kgfm.

Mas as semelhanças param por aí. Os dois SUVs da VW já se diferenciam na transmissão. O T-Cross tem a Tiptronic, automática convencional de seis velocidades, enquanto o Tiguan é equipado com a DSG, automatizada de dupla embreagem,  também com seis marchas.

Desempenho e consumo: T-Cross leva a melhor

Com peso de 1.292 kg, o T-Cross Highline 250 TSI acelera de 0 a 100 km/h em 8,7 segundos e tem velocidade máxima de 198 km/h, de acordo com dados da Volkswagen. Enquanto isso, o Tiguan, com peso de 1.562 kg, faz o 0 a 100 km/h em 9,5 segundos e atinge a mesma velocidade máxima.

O T-Cross 1.4 ainda leva vantagem no consumo: com etanol, 7,7 km/l na cidade e 9,3 km/l na estrada. Com gasolina os números são 11 km/l e 13,2 km/l, na cidade e estrada, respectivamente. Já o Tiguan 1.4 de cinco lugares faz 6,8 km/l e 8 km/l na cidade e na estrada com etanol. Com gasolina, os números são de 10,1 km/l e 11,7 km/l.

Motor 1.4 TSI T-Cross Highline Tiguan 250 TSI
0 a 100 km/h 8,5 s 9,5 s
Vel. máxima 198 km/h 198 km/h
Consumo cidade 7,7 km/l (e); 11 km/l (g) 6,8 km/l (e); 10,1 km/l (g)
Consumo estrada 9,3 km/l (e); 13,2 km/l (g) 10,1 km/l (e); 11,7 km/l (g)

A suspensão do T-Cross é independente na dianteira (McPherson) e semi-independente (barra de torção) na traseira. Já o Tiguan é mais sofisticado: independente nas quatro rodas (McPherson na frente e multilink atrás).

Espaço interno: Tiguan tem vantagem

Neste quesito, ampla vantagem para o Tiguan. Apesar de ambos levarem cinco passageiros, ele garante mais conforto pela distância entre-eixos e largura maiores, determinantes para o espaço interno. São 2,790 metros de entre-eixos e 1,839 m de largura. Já o T-Cross tem 2,651 m e 1,790 m nas mesmas medidas, respectivamente.

No porta-malas, são 710 l no Tiguan de cinco lugares. Já o T-Cross tem volume variável: 373 a 420 l.

Medidas T-Cross Highline Tiguan 250 TSI
Entre-eixos 2,651 m 2,790 m
Largura 1,839 m 1,790 m
Comprimento 4,199 m 4,701 m
Altura  1,568 m 1,658 m
Porta-malas  373 a 420 l 710 l

Equipamentos: novo SUV leva a melhor com opcionais

O T-Cross Highline é a versão top de linha da gama com preço inicial de R$ 109.990. Tem com itens de série T-Cross conta com seis airbags (frontais, laterais e de cortina), ar-condicionado digital, assistente de partida em rampas, coluna de direção com ajuste de altura e profundidade, direção elétrica, computador de bordo, controle de estabilidade e tração, bloqueio eletrônico do diferencial e assistente de partida em rampa.

Os retrovisores têm ajuste elétrico e setas integradas, faróis de neblina, Isofix, iluminação em LED, rack de teto, sensor crepuscular, sensor de estacionamento traseiro, alarme anti-furto com comando remoto, suporte para smartphone com entrada USB, vidros elétricos com função one-touch e volante multifuncional com aletas para trocas de marchas.

Ainda fazem parte do pacote saídas traseiras de ar-condicionado, descanso de braço central, piloto automático, duas entradas USB para carregamento de dispositivos para o banco traseiro, banco do motorista com ajuste da lombar, câmera de ré, rodas de liga leve de 17″, porta-malas com sistema de ajuste variável de espaço, sistema de frenagem automática pós-colisão, indicador de controle de pressão de pneus e sensor de estacionamento dianteiro.

Na versão mais completa, o T-Cross conta com iluminação ambiente em LED, sistema start/stop, partida sem o uso de chave, retrovisores com rebatimento automático, sensores de chuva e crepuscular, retrovisor interno eletrocrômico, bancos revestidos em couro e detector de fadiga do motorista. Isso sem contar com a motorização diferenciada.

Opcionais do T-Cross

Entre os opcionais para o T-Cross Highline, há o pacote Innovation, por R$ 4.000,  com o painel de instrumentos Active Info Display digital e configurável, central multimídia Discover Media com tela tátil de 8 polegadas e compatível com Android Auto, Apple CarPlay. O teto solar panorâmico Sky View acrescenta outros R$ 4.800 ao valor total.

Por fim, o  pacote Tech & Beats, tabelado em R$ 6.050, oferece Park Assist 3.0, faróis full-LED e sistema de som Beats com subwoofer no porta-malas.

VW T-Cross Highline tem acabamento como ponto fraco
Interior do T-Cross Highline

Tiguan 250 TSI

O Tiguan 250 TSI também tem um bom pacote:  trazer rack de teto e moldura das janelas em preto e rodas de 17”,  volante multifuncional revestido em couro.

Ar-condicionado digital com três zonas de resfriamento (duas na dianteira e uma atrás do apoia-braço central, voltada para os bancos traseiros), freio eletrônico de estacionamento com função Auto-Hold, sistema multimídia Discover Media,sensores de aproximação de obstáculos na dianteira e na traseria e sensor de chuva.

O Tiguan Allspace 250 TSI traz também de série a segunda geração do sistema start/stop. O Tiguan 250 TSI traz seis airbags (dois frontais, dois laterais e dois do tipo cortina), controle eletrônico de estabilidade (ESC), controle de tração, freios ABS com distribuição eletrônica de frenagem (EBD), detector de fadiga, indicador de perda de pressão dos pneus, faróis de neblina com a função cornering lights e sistema Isofix com top tether para fixação de cadeirinhas de criança, entre outros.

VW Tiguan 250 TSI tem painel analógico
Interior do VW Tiguan 250 TSI

Acabamento: Tiguan leva a melhor

O Tiguan leva a melhor na qualidade do acabamento, já que um dos pontos fracos do T-Cross é o excesso de plástico (nenhum emborrachado), com praticamente nenhum revestimento nas portas.

Preço de revisão

Os dois modelos têm as três primeiras revisões gratuitas.

Qual o melhor?

Quem procura um modelo mais dinâmico, com ar de novidade e mais tecnologia embarcada, o VW T-Cross é a boa pedida. O Tiguan 250 TSI é para quem necessita de mais espaço interno e prefere um interior arrematado com mais cuidado.

Fotos Volkswagen | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (9 votos, média: 4,44 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
2 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    editor de video 26 de fevereiro de 2019

    Muito bom seu aritgo, acabei de compartilhar no face..

  • Avatar
    José Marcos Reis 23 de fevereiro de 2019

    Qual o melhor custo benefício, comprar um carro híbrido, no caso um Lexus CT 200 ou um Toyota Corola? o preço do CT 200 híbrido compensa no decorrer do tempo?

Avatar
Deixe um comentário