Veículos elétricos mostram que são tendência no Salão

Carros de propulsão verde ocupam lugar de destaque na maioria dos estandes do Salão do Automóvel de São Paulo 2018

Por Alexandre Carneiro09/11/18 às 08h20

Os veículos elétricos são tendência em motorshows da Europa, Estados Unidos e Japão já há vários anos. Porém, em países subdesenvolvidos, eles demoraram mais a chegar. Mostras realizadas no Brasil, na Índia, na China ou na Rússia ainda dedicavam pouco espaço aos veículos verdes. O Salão do Automóvel de São Paulo 2018 revela que essa realidade está mudando. Afinal, modelos sem motor a combustão são destaques de vários fabricantes que participam do evento.

Veículos elétricos mostram que são tendência no Salão do Automóvel de São Paulo 2018: Nissan anunciou venda do Leaf durante a mostra

Três empresas confirmaram que venderão veículos elétricos – totalmente elétricos, e não híbridos – durante a mostra paulista. Uma delas é a Nissan, que importará a nova geração do Leaf para o Brasil a partir do início do ano que vem. O modelo já está, inclusive, sendo negociado em esquema de pré-venda: o preço é de R$ 178,4 mil.

Veículos elétricos mostram que são tendência no Salão do Automóvel de São Paulo 2018: Renault anunciou venda do Zoe durante a mostra
Renault Zoe

A Renault também entrará no mercado de veículos elétricos com o Zoe. Já existem unidades circuando pelo país, mas as vendas eram restritas a algumas empresas. Agora, ele entrou em pré venda para pessoas físicas, pelo preço de R$ 149,9 mil. Inicialmente, poucas concessionárias darão assistência ao modelo, mas o fabricante pretende fazer com que toda a rede esteja apta a lidar com ele.

Veículos elétricos mostram que são tendência no Salão do Automóvel de São Paulo 2018: Chevrolet anunciou venda do Bolt durante a mostra
Chevrolet Bolt

A terceira empresa a anunciar a oferta de veículos elétricos no país é a Chevrolet, com o Bolt. Como os demais, o modelo é um hatch compacto com foco na utilização urbana. Ele ainda não está sendo negociado, mas já tem preço definido: R$ 175 mil. As vendas começam no ano que vem.

Vale lembrar que Leaf, Zoe e Bolt estão disponíveis para test drive no Salão do Automóvel. O público pode experimentá-los na área externa do São Paulo Expo, enquanto os estandes estão montados dentro do pavilhão.

Veículos elétricos testam a receptividade do público

Embora só Nissan, Renault e Chevrolet tenham confirmado a oferta de veículos elétricos no país, várias outras marcas mostram esse tipo de veículos durante o Salão do Automóvel de São Paulo. Nesse caso, a ideia dos fabricantes é usar o evento para avaliar a receptividade do público. Se o interesse por esses modelos for grande, a comercialização deles torna-se mais viável.

A Audi, por exemplo, colocou o e-tron em posição de destaque em seu estande. O modelo é um SUV de propulsão totalmente elétrica, que promete ser o estandarte da marca alemã nos próximos anos. Ele já é vendido no exterior, mas não no Brasil, ao menos por enquanto. Outros exemplos são o Soul EV, da Kia, e Tiggo 2e e eQ, da Caoa Chery: oficialmente estão no Salão apenas para servir de vitrine tecnológica, mas tudo pode mudar se eles chamarem a atenção dos visitantes.

Fotos Felipe Boutros | AutoPapo

2 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Francisco ANÍSIO DA SILVA FILHO 10 de novembro de 2018

    Bom. Ótimo. Muitas Novidades…

  • Roberto 9 de novembro de 2018

    Com essa faixa de preço haverá mercado para sustentar uma produção visando o mercado interno desses carros elétricos?

Deixe um comentário