Volkswagen no Salão: picape Tarok é confirmada para o Brasil

Fabricante afirma que "anti-toro" terá amplo espaço interno e desenvolvimento no Brasil; promessa é de mais outros três SUVs inéditos até 2020

Por AutoPapo06/11/18 às 11h58
Com Alexandre Carneiro e Felipe Boutros, de São Paulo

A Volkswagen antecipou uma das suas novidades mais importantes: lançou o T-Cross pouco antes do Salão de São Paulo. As vendas do SUV só começam em 2019 e, por isso, a visitação ao estande segue importante. A estrela da Volkswagen no Salão é, então, a Tarok, uma picape-conceito. Além disso, a marca promete outros três SUVs inéditos no Brasil até 2020.

Volkswagen no Salão: picape Tarok

Sim, o veículo é a arma da Volkswagen para enfrentar a Fiat Toro. A fórmula é a mesma: cabine dupla, construção em monobloco e comprimento pouco inferior a 5 metros. O desenvolvimento é 100% brasileiro.

Conceito Tarok será a "anti-Toro" da Volkswagen (Felipe Boutros | AutoPapo)

A Volkswagen afirma que a Tarok terá amplo espaço interno, comparável ao de um SUV. Além disso, o conceito traz um sistema de rebatimento de bancos que integra a caçamba ao habitáculo.

Picape terá capacidade de carga de uma tonelada e tração 4×4. Ainda segundo a marca alemã, a versão de produção da Tarok será muito próxima do conceito mostrado em São Paulo.

Por falar em desenvolvimento brasileiro… Polo e Virtus são exibidos na versão GTS no espaço da Volkswagen no Salão. A sigla, bem conhecida pelos brasileiros, indica motorização um pouco menos poderosa que a utilizada nos modelos esportivos GTI, mas ainda respeitável. No caso, hatch e sedã ganharam uma unidade 1.4 TSI, com turbo e injeção direta, capaz de render 150 cv de potência. Trata-se do mesmo propulsor disponível nas gamas Tiguan, Golf e Jetta. O câmbio é sempre automático de seis marchas.

Volkswagen Polo GTS


As versões esportivas do hatch e do sedã trazem ainda faróis de LEDs e alterações nos para-choques. A grade ganhou um filete vermelho. Oficialmente, a Volkswagen diz que não tem a intenção de vender Polo GTS e Virtus GTS no Brasil. Porém, o Salão deve servir de termômetro: se o público se interessar, os planos podem mudar.

Os elétricos, claro, também estão no stand da Volkswagen. Destaque para o conceito i.D. Crozz, um SUV-cupê com motor de 305 cv (225 kW) e 500 km de autonomia. O Golf GTE, versão híbrida do hatch médio, é outro alemão de propulsão verde. Mescla o propulsor 1.4 TSI com outro elétrico, resultando em 201 cv de potência combinada. O lançamento no Brasil está confirmado para o segundo semestre de 2019.

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Gustavo 9 de novembro de 2018

    Picape e T-Cross atendem bem a demanda do mercado.
    Polo e Virtus GTS canibalizam Golf e Jetta, a confirmar.

Deixe um comentário