Atenção ao manômetro: pressão demais na bomba de GNV causa explosão

A ANP determina uma pressão máxima do compressor ao abastecer o cilindro de GNV, para evitar a possibilidade de explosão

Por Boris Feldman04/11/19 às 06h15

Pessoal que abastece com GNV, Gás Natural Veicular, principalmente nossos amigos taxistas e motoristas de aplicativos, perceberam que alguns postos enchem mais o cilindro de gás que outros. E se o cilindro recebe mais gás, o carro fica com maior autonomia, ele roda mais quilômetros até reabastecer.

E o problema é que, para se injetar uma quantidade maior de gás, o compressor tem que trabalhar com maior pressão, e a máxima autorizada pela ANP (Agência Nacional do Petróleo) é de 220 Bar. Então, tem dono de posto irresponsável que, para faturar mais algum em cada abastecimento, aumenta essa pressão.

Eu consultei a ANP, que me confirmou já ter encontrado pressão perto de 300 Bar. E o risco é de simplesmente explodir (o cilindro) e voar tudo pelos ares. Fique então de olho: o manômetro pode ir, no máximo, até 220 Bar.

gnv 2620
Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 votos, média: 3,00 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário