Amortecedores recondicionados são realmente confiáveis?

Os amortecedores recondicionados não são totalmente contra-indicados; porém, eles deves ser utilizados apenas em casos muito específicos

Por Boris Feldman18/02/19 às 06h15

Se você precisar de comprar amortecedores recondicionados, preste bastante atenção! Esses componentes influenciam tanto na estabilidade quanto na frenagem do carro.

[TRANSCRIÇÃO]

Não, eu não sou contra o amortecedor recondicionado. O problema é que o recondicionamento bem-feito, para torná-lo igual a um novo, é economicamente inviável. Ou seja: vai custar mais do que fabricar um novo. Então, é melhor ir na loja e comprar o amortecedor novo mesmo, na caixa, porque esses recondicionados não sofreram mais que uma ‘pinturinha externa’, uma troca do óleo interno e, desse modo, não vão funcionar como um novo.

Quando é que se indica o amortecedor recondicionado? Para automóveis especiais, clássicos e antigos, para os quais não existe mais o amortecedor novo em estoque. Mas só mesmo numa empresa séria, qualificada e com profissionais competentes. Caso contrário, é uma PI-CA-RE-TA-GEM! E com amortecedor não se brinca!

Amortecedores recondicionados
Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (2 votos, média: 5,00 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário