Câmbio automático tem embreagem?

Já adianto: o câmbio automático tradicional não tem. Mas e o automatizado?

Por BORIS FELDMAN23/02/18 às 11h00

Já adianto: o câmbio automático tradicional não tem. No lugar da embreagem, há um conversor de torque. Mas, o câmbio automatizado tem, sim, embreagem; exatamente como numa caixa manual.

A semelhança entre os dois câmbios é que o motorista não tem de se preocupar, em nenhum deles, com o pedal da embreagem e nem que usar a alavanca para trocar de marcha. Mas para por aí: no automatizado, o câmbio é rigorosamente idêntico ao manual, porém todo operado por computador. São comandos elétricos ou hidráulicos que atuam como se fossem um “pezinho” oculto para acionar a embreagem e uma “mãozinha” oculta para passar as marchas. Ele tem diversas denominações comerciais: Dualogic/ GSR na Fiat, i-Motion na Volkswagen, Easy’R na Renault…

Veja também: Pé esquerdo no freio? Sim! Não o deixe “descansando” em um carro automático

A desvantagem do câmbio automatizado é que as trocas de marcha não são tão suaves como no automático tradicional. Em compensação, ao invés de aumentar consumo, diminui. Além de custarem menos e serem mais leves.

câmbio automático tem embreagem? entenda

É comum o dono de carro com câmbio automatizado reclamar que a oficina da concessionária está querendo enganá-lo com a conversa fiada de trocar a embreagem. Quem provavelmente o enganou foi o vendedor, que não explicou – como deveria – durante a venda, que o câmbio não é automático (sem embreagem), mas sim automatizado. Numa revisão, a oficina pode ter que substituir os componentes do sistema de embreagem, que se desgastam: disco, chapa de pressão e rolamento.

Além de passar as marchas mais suavemente, outra vantagem do câmbio automático convencional é não exigir substituição periódica de seus componentes. Nem do conversor de torque (que faz o papel de embreagem), que pode durar centenas de milhares de quilômetros.

Existe um outro câmbio “automático”, com passagem suave de marchas, mas que é também automatizado, com duas em vez de uma embreagem: é chamado de caixa de dupla embreagem. Tem, por exemplo, o nome de DSG nos carros Volkswagen e Powershift nos modelos da Ford. O DSG funciona bem, mas o Powershift deu tanta dor de cabeça que a Ford acabou desistindo dele.

câmbio automático tem embreagem? entenda

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

7 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • EVERTON OLIVEIRA FRANCISCO 18 de agosto de 2018

    Tenho o Fit de primeira geração cvt, ele tem embreagem com atuador hidráulico

  • Luiz Otávio Machado coelho 7 de agosto de 2018

    Bom dia eu tenho um collbot 2015 altomatico a onde ele fica mais econômico no automático ou no creme automático

  • Alex 4 de junho de 2018

    Ola,eu tenho um corolla 2010 ele apresentou um problema derrepente que nao sei o que fazer,ele nao engata a re e tbem em neutro ele nao vai nem pra frente e nem pra traz,o que pode ter acontecido.

  • Wagner silva 26 de fevereiro de 2018

    E sobre o câmbio Cvt?

  • Wagner silva 26 de fevereiro de 2018

    E o câmbio Cvt?

  • Car play 23 de fevereiro de 2018

    Hum, estranho falar de cambio automatizado por esses dias de lançamento de alguns modelos com o cambio citado…
    fato é que o cambio automatizado GSr da Fiat/Magnetti Marelli deu um salto enorme em qualidade e suavidade, tanto que alguns proprietários de carros com o novo GSr tem dito que andando suavemente pensam estar a bordo de um At convencional na maior parte do tempo de tão bom que ficou, além de deixar o giro smepre na faixa ideal e ser bem economico………………

  • ALEXANDRE 23 de fevereiro de 2018

    Parabéns Boris, como de praxe, matéria bem escrita, correta e bem elucidativa.

Deixe um comentário