Candidatos infringem as leis de trânsito durante as eleições

As carreatas em picapes realizadas pelos políticos durante a corrida eleitoral não os isentam de cumprir as leis de trânsito

Por BORIS FELDMAN04/10/18 às 19h30

Candidatos infringem as leis de trânsito durante o período eleitoral. Fazer campanha não pode ser desculpa para não seguir as leis do Código Brasileiro de Trânsito.

[TRANSCRIÇÃO]

Finalmente a grande imprensa percebeu uma grande infração de trânsito sendo cometida por candidatos a presidente, governadores e outros, que é desfilar na caçamba de picapes. Pelo perigo que representa, é proibido pela legislação específica. Ano passado cheguei a consultar os órgãos de trânsito a esse respeito. A resposta foi que isso é proibido, exceto se houver uma autorização especial.

Eu consultei na época os dois partidos sobre essa autorização e eles disseram que tinham. Pedi para me mandarem uma cópia, que estou esperando até hoje. O jornal que resolveu agora levantar também esse problema foi a Folha de São Paulo, sobre um desfile de candidatos a governador de São Paulo. A Folha chegou a consultar um engenheiro do órgão local de trânsito e ele foi enfático ao afirmar: mesmo rodando devagar, como alegou o partido, existem riscos envolvidos. Por isso, se trata de uma infração grave prevista no Código de Trânsito Brasileiro.

Candidatos infringem as leis

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

1 Comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Antônio Carlos 5 de outubro de 2018

    Os imbecis seguidores do bolzonazi é que adoram uma carreata, más isso é o menor delito que eles praticam.

Deixe um comentário