Carros com airbag: atenção, pois não é só Takata que mata!

"O motorista tem que estar a uma certa distância do volante, e o passageiro jamais colocar os pés sobre o painel"

Por Boris Feldman18/03/19 às 06h15

O recall da Takata afetou milhões de carros com airbag no mundo todo: defeituosos, os equipamentos dessa marca podiam matar. Mas motoristas e passageiros devem cumprir certas ‘regrinhas’ para que o equipamento possa oferecer proteção.

[TRANSCRIÇÃO]

Desnecessário lembrar a importância do airbag para proteger motorista e passageiros no caso de um impacto. Mas há problemas com o airbag: o primeiro, esse gigantesco recall de mais de 100 milhões de carros com airbag em todo o mundo. Muitos deles, aqui no Brasil.

Pois os airbags fabricados pela japonesa Takata – que já quebrou por isso – podem matar ou ferir ao invés de proteger. Em segundo lugar, não é só o airbag da Takata que mata, não! Motorista e passageiros precisam respeitar regrinhas básicas do carro com airbags.

O motorista, por exemplo, tem que estar a no mínimo 25 centímetros de distância do volante. O passageiro, a 40 centímetros do painel, para evitar de ser ferido pela própria bolsa do airbag ao se inflar. Outro cuidado do passageiro é jamais colocar os pés sobre o painel, pois pode sofrer lesões se o airbag se abrir.

Carros com airbag
Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (Seja o primeiro a avaliar)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário