Chery Arrizo 5 é o novo sedã moderno do grupo Caoa

Como um bom carro chinês, o Arrizo 5 chegará ao mercado com preços competitivos para disputar espaço com Virtus, Cronos e City

Por BORIS FELDMAN17/10/18 às 20h00

O Chery Arrizo 5 é a aposta do Grupo Caoa para o concorrido segmento dos sedãs.

[TRANSCRIÇÃO]

O Grupo Caoa, desde que comprou a fábrica da Chery em Jacareí, no interior de São Paulo, manteve a produção do QQ, o compacto mais barato do nosso mercado. Porém, desativou a produção do antigo Celer e lançou um novo utilitário esportivo bem moderninho, o Tiggo 2.

Na próxima semana, o Grupo Caoa vai apresentar um sedã, também moderno, chamado Arrizo 5. Ele irá concorrer na faixa do Volkswagen Virtus, do Fiat Cronos ou do Honda City.Produzido em Jacareí, ele deverá ter um motor 1.5 turbo de 164 cavalos, com um câmbio manual de cinco marchas ou automático do tipo CVT, continuamente variável. Muito bem equipado em termos eletrônicos, e como bom chinês, terá preços competitivos.

Chery Arrizo 5

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

3 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Eduardo 19 de outubro de 2018

    Realmente espero que venha assim com motor 1.5 turbo, sou proprietário de um chery Cielo sedan a quase 4 anos e sei que a única coisa que peca em seu conjunto é o motor que deveria ter mais torque, ficaria ainda mais feliz se vinhece com o câmbio de dupla embreagem de 6 velocidades. Não sei porque mais curto muito meu chinês me apeguei com ele já rodei 86mil km e graça a Deus sem qualquer problema e certo a manutenção preventiva…

  • Joilson dos Santos Araujo 18 de outubro de 2018

    Os carros da Caoa Chery já está no nível da toyota não vai demora muito para ser os melhores do Brasil.

  • roberto 18 de outubro de 2018

    Vai demorar um pouco para tirar o preconceito de marcas novas principalmente chinesas mas tomando como base o trabalho feito com a Hyundai, deve ser sucesso ademais com essa configuração. Que tambem coloquem esse motor no Tiggo 2 ou estará reservado só para o Tiggo 4?

Deixe um comentário