Na compra de um carro usado, confira desgaste, troca de óleo e revisões

Não basta analisar a quilometragem do automóvel para determinar se ele é ou não uma boa escolha; veja três dicas importantes

Por Boris Feldman24/04/18 às 12h48

Durante a compra de um carro usado, a quilometragem é apenas um dos vários detalhes a serem investigados pelo futuro dono do veículo.

[TRANSCRIÇÃO]

Eu acho curioso que na compra de um carro usado, a primeira preocupação do consumidor é saber qual a quilometragem que aquele automóvel já rodou. Porque interessa muito mais como é que aquele carro foi mantido, os cuidados que o motorista anterior, ou que os proprietários anteriores tiveram com aquele automóvel.

1. Confira o desgaste dos componentes

A quilometragem é a coisa mais simples de se burlar alterando o que está registrado no hodômetro. E, além disso, dá pra perceber a quilometragem por outros indícios por exemplo, o desgaste dos pneus,outro exemplo, o desgaste das borrachas dos pedais, embreagem, freio, acelerador.

2. Na compra de carro usado, verifique a etiqueta da troca de óleo

Uma outra dica é verificar a etiqueta que mostra a troca do óleo. Se o seu carro tá mostrando no hodômetro 32 mil quilômetros mas a etiqueta diz troca efetuada aos 50 mil, próxima troca os 60 mil, é sinal de burla.

3. Fique de olho nos carimbos de revisão

E outra coisa, os carimbos das revisões na concessionária também indicam direitinho qual é a quilometragem provável daquele automóvel. E vai aqui uma dica final: quer saber a média que cada carro roda no Brasil por ano? Cerca de 11 a 12 mil quilômetros.Faça as contas!

Selecionamos algumas dicas para ajudar a valorizar o seu carro usado na hora da revenda. Apresentar um histórico, guardar o manual e manter as peças originais podem garantir um dinheirinho a mais na negociação.

Foto Shutterstock | Divulgação

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
0 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Avatar
Deixe um comentário