Cruze LT: menos itens para manter a competitividade

"Um dos segmentos mais disputados no nosso mercado é o dos sedãs médios, que tem como players: Corolla, Civic, Jetta, Cerato e Cruze"

Por Boris Feldman30/12/19 às 08h30

Nada como uma concorrência para estimular uma empresa a aperfeiçoar e atualizar os seus produtos e manter seus preços alinhados com os concorrentes.

Um dos segmentos mais disputados no nosso mercado é o dos sedãs médios, que tem como players: Corolla, Civic, Jetta, Cerato e Cruze. Enquanto o preço de todos eles na versão de entrada estavam na faixa de 100 mil e, às vezes um pouco abaixo, o Cruze estava acima deste valor. O que obrigou a GM a reposicioná-lo no mercado.

E a solução foi reduzir alguns dos seus equipamentos não essenciais, em termos de conforto e segurança, na versão de entrada como, por exemplo, o carregador de celular por indução. O que viabilizou o relançamento do Cruze LT por R$ 101.200.

cruze
Carregador de celular por indução – Cruze Premier – Foto Chevrolet | Divulgação
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
1 Comentário
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Comentários com palavrões e ofensas não serão publicados. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Marcelo 31 de dezembro de 2019

    Vc sabe o que mais o LT não tem ?

Avatar
Deixe um comentário