Latin NCAP faz testes de segurança, mas é preciso ter pé atrás

O Latin NCAP avalia a segurança dos carros, mas há de se observar algumas distorções nos testes feitos pela entidade uruguaia

Por Boris Feldman18/10/19 às 06h15

O Latin NCAP é uma entidade uruguaia que testa automóveis comercializados no Brasil, para avaliar o nível de proteção aos ocupantes no caso de acidentes.

Não resta dúvida que estas avaliações elevaram o nível de segurança dos nossos automóveis. Porém, há que se ter um pé atrás com as estrelas que o Latin NCAP classifica nossos carros, devido a uma série de distorções nos resultados, como por exemplo: um carro que já foi avaliado com quatro estrelas, entre as cinco possíveis em um teste, e, três anos depois, o mesmo carro ganhou apenas duas, porque a entidade mudou os critérios de avaliação.

Outra distorção grave foi a avaliação da picape Ford Ranger, que tomou bomba, pois ela não tinha os dois airbags frontais. Mas era um modelo vendido na Colômbia, e o Latin NCAP se esqueceu de que, lá, os dois airbags não são obrigatórios como no Brasil.

ford ranger teste latin ncap

Foto Latin NCAP | Divulgação

Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (1 votos, média: 1,00 de 5)
loadingLoading...
Clique na estrela para avaliar.
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
3 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Mauricio 1 de novembro de 2019

    No caso da Ranger, bem feito para Ford, quer dizer que segurança só quando a lei obriga??? Vergonha, Ford! E a avaliação tem que ir ficando cada vez mais rigorosa mesmo, conforme evoluem as tecnologias… Enquanto isso, no Brasil, carros como os caríssimos Honda WR-V e City seguem sem controle de estabilidade. Parabéns a GM, que após o fiasco do Onix antigo, apresentou finalmente um produto decente…

  • Avatar
    Carlos M 19 de outubro de 2019

    Tendenciosa ou não, eles contribuem para a melhria da segurança dos carros

  • Avatar
    ANTONIO SIDNEY DE SOUZA 19 de outubro de 2019

    Depois do teste do VW Up, realizado em dezembro/13 com um modelo do mesmo ano, seguido pelo verdadeiro “alarde publicitário” da VW com as cinco estrelas obtidas, sendo que o referido modelo, começou a ser produzido na América Latina (Brasil) somente em fevereiro/14; considerei o teste simplesmente “tendencioso” visando marketing para a montadora, já que o modelo não seria importado. É obvio que o modelo testado foi um europeu.

Avatar
Deixe um comentário