Mitsubishi Eclipse Cross: gosto não se discute, mas é horrível

O Eclipse Cross se encaixa entre o ASX e Outlander e vem bem equipado. Porém, o preço e a beleza podem não ser tão atrativos

Por BORIS FELDMAN05/10/18 às 06h15

O Mitsubishi Eclipse Cross chega para disputar o tão concorrido mercado dos SUVs.

[TRANSCRIÇÃO]

A Mitsubishi está importando do Japão e inicia as vendas, em novembro, do Eclipse Cross. Apesar do nome, nada a ver com o “cupêzinho” esportivo, também Eclipse, que ela trazia na década de 90. O Eclipse Cross é um utilitário esportivo que vai se situar entre o ASX e o Outlander. Concorrente do Jeep Compass, do Hyundai Tucson e o Kia Sportage, tem um bom motor 1.5 quatro cilindros, de 165 cavalos, acoplado a um câmbio automático CVT.

Com tração simples, ele vai chegar por R$ 150 mil. O 4×4, por R$ 156 mil. Apesar de muito bem equipado, são preços salgados em relação aos seus concorrentes. Quanto ao estilo, suas linhas dianteiras e laterais são de bom gosto, agradáveis. Mas na traseira, ainda bem que gosto não se discute. Porque a ousadia levou a uma quase unanimidade, de tão feio.

Mitsubishi Eclipse Cross
Foto Mitsubishi | Divulgação

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

4 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Fabiano Vargas 8 de outubro de 2018

    Ainda bem que gosto não se discute !!! achei lindo e com uma tecnologia embarcada show !!

  • Antônio Carlos 5 de outubro de 2018

    Esta trazeira do Pontiac Aztek é uma das coisas mais feias que já fizeram num carro. E pra quem conheceu o verdadeiro Eclipse, principalmente o de segunda geração, é de dar dor no coração.

  • Antonio Chelotti 5 de outubro de 2018

    Realmente, gosto não se discute. Mas, que é horrível isso é. Além do preço pra lá de salgado.

  • Alguém 5 de outubro de 2018

    Bom amigo! Como você mesmo disse que gosto não se discute, você deveria guardar sua opinião pessoal sobre a estética do carro e falar apenas da parte técnica.

Deixe um comentário