Pneu run flat deveria ser proibido no Brasil

Os pneus run flat foram criados para poderem rodar vazios e em baixa velocidades até chegar ao borracheiro mais próximo

Por Boris Feldman24/10/18 às 20h30

O pneu run flat possui uma estrutura feita para ele rodar mesmo estando furado. Mas, será que ele funcionaria no Brasil?

[TRANSCRIÇÃO]

A maioria dos automóveis importados do tipo premium, já são equipados de fábrica com os pneus do tipo run flat. Ou seja, que podem rodar em baixas velocidades mesmo vazios, até chegar a um borracheiro. E por isso, estes carros vêm sem o estepe no porta-malas, considerado desnecessário, já que o carro roda com o pneu furado. Esta solução é ótima para o primeiro mundo, mas jamais para o Brasil. Porque aqui o pneu às vezes fura, mas em geral, o carro passa por uma cratera asfáltica e ele rasga.

E neste caso, não dá pra continuar a viagem. Ou seja, uma tecnologia que não combina com as nossas condições e que deveria ser evitada no Brasil. Sabe o que a Mercedes-Benz decidiu fazer? colocar uma roda extra no porta-malas, mesmo roubando uma boa parte do espaço para bagagem. Mas pelo menos não deixa o seu dono perigosamente numa estrada à noite, no fim de semana, sem saber o que fazer.

Pneu Run Flat
Avalie o conteúdo:
PéssimoRuimRegularBomExcelente (5 votos, média: 3,80 de 5)
Loading...
Clique na estrela para avaliar.
Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman
10 Comentários
Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Avatar
    Leonardo 10 de setembro de 2019

    Desisto de BMW, amanhã coloco a minha X1 a venda e por conta dos Pneus, em 1 ano gastei nada menos que 4 Pneus!!!!!!! Total de 8k literalmente para o lixo, no início achei que fosse problema de calibragem pois dirijo com cautela evitando buracos, mas qualquer depressão é suficiente para formar uma bolha e literalmente o pneu rasga do dia para a noite. CHEGA!!!!

  • Avatar
    Jonas 28 de agosto de 2019

    ECOSPORT TITANIUM : É viável substituir os pneus Run Flat por pneus Convencionais de mesmas dimensões ?
    Será necessário substituir também as Rodas ?

  • Avatar
    Victor 9 de agosto de 2019

    Se o pneu furar sem estepe, liga pro seguro. Se estiver com medo, liga pro Uber e de dentro dele ligue pro seguro. Eu reconheço que a tecnologia Run Flat é de ponta e indubitavelmente aponta pro futuro, mas o desconforto que ele causa nas ruas do Brasil é simplesmente inadmissível. Partindo do conceito de que são as coisas que se adaptam ao mundo e não o mundo que se adapta as coisas, acredito que tanto as montadoras quanto os fabricantes de pneus já passaram da hora de configurar um “3rd World Run Flat” ou coisa do tipo, ainda mais considerando o tamanho deste mercado. As ruas brasileiras não vão mudar. Dei um grane azar de ter comprado um carro onde os Run Flats não tinham 50km rodados. Tentei trocar pau a pau em todas as lojas de pneu que conhecia, mas não consegui. Suportei um tempão chegando nos lugares com a camisa pra fora da calça e com os bagos pra fora da cueca. Troquei por um yokohama avan neova e pareceu que o carro flutuava sem encostar no chão. Desencanem de Run Flat. Recusem e obriguem os fabricantes a se adaptarem ao consumidor.

  • Avatar
    Alam 3 de abril de 2019

    Amigo, tenho carros com pneus run flat desde 2010, e É ERRADO o que você diz. Pneus run flat são (ATUALMENTE) mais resistentes do que os convencionais da mesma medida, o problema basicamente se deve ao perfil baixo de ambos os pneus. E você pode rodar com o pneu rasgado, inclusive já rodei varias vezes em veículos diferentes , sem o mesmo sacar da roda, que foram projetadas para os pneus.
    Não troco a segurança de um run flat pelo risco de assalto ao trocar por um pneu convencional.

    • Avatar
      Amarildo 15 de abril de 2019

      Olá, discordo de vc, tenho uma BMW X1, e pra vc ter uma ideia em um ano e cerca de 12000km rodados já se foram TRES (3) pneus literalmente rasgados, sendo um dianteiro 225/40/18 e mais dois traseiros 255/40/18, ou seja, esses pneus NÃO servem para nossas horríveis estradas.

      • Avatar
        Edson 6 de maio de 2019

        E eu então, que em pouco mais de três anos já perdi nada menos que 10 pneus !!!! Já tive outros carros os quais nunca aconteceu de furar pneu. Do que adianta ter carro top luxuoso se não temos tranquilidade para dirigir ? Definitivamente, esses carros não foram projetados para trafegar nas péssimas vias brasileiras.

      • Avatar
        Fernando 26 de maio de 2019

        Difícil decisão difícil. Tenho uma X3 e meu pneu literalmente rasgou na lateral da banda de rodagem sem passar em buraco ou qualquer objeto. Não consegui andar 5km pois o rasgo foi grande, fiquei à mercê pois não tinha estepe. Por outro lado se o veículo vem de fábrica com pneu runflat na teria deveríamos manter essa função , pois a lateral do runflat tem uma rigidez q não se encontra em nenhum pneu convenciam. Portanto o que eu indico é manter os runflat e ter um estepe fino de segurança no porta malas. Sei que perdera espaço , mas valerá a pena!!

  • Avatar
    Rodrigo Xavier Mendes 19 de fevereiro de 2019

    Que argumentação tosca pra dizer que run flat deveria ser proibido. Parece que não fizeram nem o dever de casa e estudaram que o pneu passa por rigorosos testes de durabilidade e é solução muito superior a estepe. Brasil, o país da mídia do atraso…

  • Avatar
    Célia Murgel 30 de janeiro de 2019

    Tirar o estepe dos carros realmente é uma situação complicada no Brasil, porque na maioria das vezes ocorre o rasgo por conta dos buracos em nossas vias. Neste caso, o estepe é fundamental. Para aumentar o espaço no porta-malas poderiam colocar os estepes menores, já usados em modelos Premium. Mas tirar, jamais. Por outro lado, em caso de furo, há a segurança de se poder rodar até 80 km, ou até o borracheiro, e não ficar parado nas ruas a mercê de assaltantes.

  • Avatar
    Fernando 25 de outubro de 2018

    Otimo. O mais novo provavel SUV nacional a receber essa tecnologia sera o Ecosport. Que perderá o estepe em algumas versões. Ford ford, tiro no pe de novo. Ja nao basta o powershift para queimar o filme agora essa de runflat no Ecosport.
    Particularidades à parte, se mora no Brasil. Nunca abondone o bom e velho estepe. Um dia ele fara falta.

Avatar
Deixe um comentário