SUV: porque eu não sou fã desses modelos

Apesar de serem um dos 'queridinhos' do nosso mercado, os utilitários esportivos, ou SUV's, não são do agrado do Boris. Sabe por quê?

Por BORIS FELDMAN20/10/18 às 07h30

Apesar de estar na moda,o SUV, na minha opinião apresenta diversos motivos para que eu não seja um fã dessa categoria. Veja quais são:

[TRANSCRIÇÃO]

Por que eu prefiro o automóvel ao utilitário esportivo? Por vários motivo, fora o meu gosto pessoal. O SUV está na contramão da história, pois é um carro de maior volume e peso. E, apesar disso, vários deles têm porta-malas com a capacidade inferior ao de uma perua. Além disso, muitos se arrependem de ter comprado um utilitário esportivo na hora de trocar os pneus. Afinal, ele custam muito mais caro do que os de um automóvel. Além do mais, seu consumo de combustível é maior por eles serem mais pesados e ter uma aerodinâmica pior.

Fora isso tudo, o aspecto prático: a dificuldade em manobrar e estacionar um SUV em vagas apertadas de prédios e supermercados. Sim, os SUV’s têm alguns pontos positivos, mas será que vale a pena enfrentar todos os negativos, mesmo para quem não tem um sítio para ir no final de semana, só para estar na moda?

suv

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

8 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • Gabriel 22 de outubro de 2018

    Hoje em dia acho mais útil um SUV por vastos motivos… chuva forte no Brasil inteiro e alagamentos, buracos gigantes em todas as cidades do Brasil, cidades de interior não tem asfalto e ruas abandonadas, radares não deixam vc acelerar numa rodovia para usar um esportivo, segurança para família em caso de colisão, durabilidade dos amortecedores e mesmo tendo um custo mais elevado para troca de pneus, em custo benefício fico com oa SUVS.

  • roberto 22 de outubro de 2018

    Para mim os pontos positivivos dos SUVs são altura para enfrentar lombadas e valetas e para entrar e sair no carro, muito mais facil que automoveis e peruas. No passado sempre tive peruas começando pela Belina pela praticidade e passei para vans Meriva, Zafira, e Grand C4 Picasso. Essa categoria tambem mingua, a Spin é só pratica mas deve muito em comodidade. Tenho 2008 e Outlander hoje. Pontos negativos? Talvez o preço pois não vejo tanta justificativa de custo tão alto, só a lei da oferta e procura

  • André Marques 20 de outubro de 2018

    Realmente no quesito lombadas os SUVs são um meio termo imbatível, digo meio termo devido os mesmo serem apenas carros de passeio comuns só que mais altos em relação ao solo, sua suspensão são comuns, sua resistência é igual a um carro de passeio convencional, exceto quando são oferecidos na versão 4×4. Aí que muitos se inludem.
    Pagam mais por menos.

  • Andre 20 de outubro de 2018

    Realmente no quesito lombadas os SUVs são um meio termo imbatível, digo meio termo devido os mesmo serem apenas carros de passeio comuns só que mais altos em relação ao solo, sua suspensão são comuns, sua resistência é igual a um carro de passeio convencional, exceto quando são oferecidos na versão 4×4. Aí que muitos se inludem.
    Pagam mais por menos.

  • Anderson 20 de outubro de 2018

    Mesmo que a pessoa precise, como o Sr. Antônio comentou, a resposta ainda persiste: precisa sempre? Porque se for eventualmente, pode-se manter um carro útil para o dia a dia e alugar o SUV somente qdo precisar, para evitar gastos desnecessários. A verdade é que para muitos SUV é sinônimo de status, como já ouvi dizerem que “subiram de vida”. Curiosamente, vemos MTS anúncios de SUVS com apenas 2 ou 3 anos de uso sendo vendidos. Por que se o SUV atende bem?

  • ELISEU PEREIRA DO NASCIMENTO 20 de outubro de 2018

    Nunca vi tanta besteira em uma única matéria. Os carros são todos iguais e se resumem a um motor colocado em uma plataforma sustentada por quatro rodas. As diferenças são necessárias para atender, ara atender ao gosto e à necessidade de cada um. Ja tive veículos de todas as categorias e fabricantes (sempre na média de preço compatível com a minha disponibilidade financeira em cada ocasião). Gostei de todos, porque é preciso que o proprietário/condutor se adapte à máquina, sendo certo que não existe um veículo perfeito. Atualmente tenho um SUV/Compacto (TRACKER – PREMIER) e estou plenamente satisfeito com ele. Porta malas reduzido não é problema, porque somos um casal sem filhos e não fazemos ‘FRETE”.

  • Antônio Gouveia 20 de outubro de 2018

    Quando você possui a rotina de ir do trabalho para casa e vice versa, esta cerissimo o ponto de vista. Mas como eu e milhões de peso as que necessitam transitar, por motivos diversos, rodovias federais, estaduais e municipais, em péssimo estado de conservação e por centenas de Km, diariamente., veículos mais altos/sua atendem perfeitamente as necessidades. Ao passo que rodar nessas mesmas rodovias com sedas ou se, baixas, significa arrebentar com a suspensão e o assoalho dos veículos. Além da buraqueira há as pragas dos quebra molas, como as lombada, sem critério de distância é tamanho

  • alex bs 20 de outubro de 2018

    concordo com vc. Já tive blazer 99, dava muito prazer dirigir, principalmente na estrada. Na hora de trocar os pneus foi 500 cada um. na hora de estacionar em área privada o valor é diferenciado. O porta malas é menor que a doblô essence, que tenho hoje. Quando puder, trocarei por uma picape cabine dupla.

Deixe um comentário