Qual é a data de validade do óleo do motor?

O limite de tempo entre as trocas deve ser respeitado independente da quilometragem

Por BORIS FELDMAN29/03/18 às 15h00

Você sabe até quando a validade do óleo do motor está dentro dos limites?

Alguns ouvintes do AutoPapo voltaram a questionar o prazo para a troca do óleo do motor. Realmente, é difícil ter que trocá-lo mesmo quando a quilometragem rodada com ele foi baixa. Um destes  ouvintes disse que, depois de ter trocado o óleo, rodou apenas 2.500 quilômetros, mas já se acabou o limite dos 12 meses e a concessionária insiste em trocá-lo. Um outro ouvinte está em uma situação parecida. Rodou um pouco mais, cerca de 4 mil quilômetros, e já querem trocar o óleo, alegando que o prazo de 12 meses está vencido.

A explicação para essa troca que parece prematura é a mesma do remédio que também tem data de validade. Se este prazo se expirou, tem que jogar o remédio no lixo, não é mesmo? O problema é que o óleo do motor tem aditivos que se mantêm íntegros apenas por 12 meses.

Por isso, não importa se o carro rodou pouco ou, até mesmo, não rodou nada. Depois deste prazo, ele não tem mais eficácia e tem que ser substituído junto com seu filtro.

validade do óleo do motor cárter

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

8 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
  • José Luiz Coutinho 23 de setembro de 2018

    Tenho uma van que estar a dois anos sem eu ligar o motor sendo que coqueiro um do lubrificante de boa qualidade então pergunto ao ligar o motor agora antes terei que efetuar a troca do óleo?

  • Elias 21 de agosto de 2018

    Boa informação do amigo wlysses até porque geralmente nunca olhamos a validade do óleo quando trocamos nos postos ou oficinas .

  • Ulysses 16 de agosto de 2018

    Deviam estudar mais ou pedir auxílio a engenheiros químicos antes de falar besteira.
    Primeiro o óleo dentro do motor está em um circuito fechado e não sofre alterações se não requerido em uso , não há perda qualidade alguma , em testes de laboratório o óleo mineral leva pelo menos 10 anos para começar a perder qualidade e o sintético é bem mais longa ávida útil então essa conversa de perder aditivo ou o aditivo perder seu efeito é pura conversa de maneira a nós fazer efetuar a troca desnecessária, quanto a garantia do fabricante devemos seguir a regra de modo a estar apoiados nos termos de manutenção do carro, mas se o carro está fora da garantia basta manter o limite de km , se o carro fica muito tempo parado ligar uma a duas vezes por semana garante a lubrificação a manutenção do sistema em geral do motor. Mas dizer que óleo perde a validade KKKKk é puro capitalismo selvagem e aproveitar se dos que não tem conhecimento de lubrificantes.

    • Elias 21 de agosto de 2018

      Boa informação do amigo wlysses até porque geralmente nunca olhamos a validade do óleo quando trocamos nos postos ou oficinas .

    • Marcelo 15 de outubro de 2018

      Olha vou direto no que tange meu bolso pensa fazer um motor , tempo do veículo parado , o óleo oxida retém umidade suas propriedades pois o óleo tem a função de arrefecimento também , a deterioração do filtro partículas sólidas e considerar que a gasolina ainda mais a do Brasil contamina o óleo já percebeu que com o uso do álcool demora pra escurecer o óleo então melhor é colocar sangue novo no motor…..

  • Júlio Oliveira 5 de agosto de 2018

    Excelente informação, tem muitas pessoas que pensam que a validade do óleo do motor é de seis meses, pelo fato dos próprios mecânicos repassarem essa informação de má fé

  • Evânia Batista De Souza 19 de junho de 2018

    Gostei muito das dicas, muito útil.

  • Wilson Munhoz 21 de maio de 2018

    Nos últimos dois anos rodei Cçmenos com o carro, abaixo dos 10.000 km, então fiz a substituição no prazo de 12 meses, mas o mecânico já me alertou sobre verificar a data do produto no momento da troca. O pior é que sempre esqueço. Quando utilizava o carro com muita frequência e em longas distâncias, eu fazia a substituição a cada seis meses ou 5.000 km. Procuro não deixar baixar o nível e também é muito difícil completar. Excelente informação. Vlw

Deixe um comentário