Whisky e outros destilados servem para abastecer o carro flex?

É possível que um motor flex funcione com cachaça, uísque e outros destilados, já que ele aceita tanto a gasolina quanto o etanol?

Por BORIS FELDMAN11/11/18 às 20h30

Apesar de já ter um bom tempo que a greve dos caminhoneiros acabou, ainda tem gente querendo abastecer o carro flex até com whisky. O que além de ser caro, não vai ajudar em nada. Veja porquê:

[TRANSCRIÇÃO]

Tem muita gente atordoada até hoje com aquela greve dos caminhoneiros, que deixou muito carro imobilizado na garagem por falta de combustível. E aí surgiram boatos e controvérsias a respeito do carro flex. Se ele aceita gasolina e álcool, ele não aceitaria também compostos alcoólicos como whisky, cachaça, outros destilados ou mesmo o álcool de cozinha, apesar de custar mais caro? Mas infelizmente nada disso é possível.

E quem tentou, se estrepou. Porque o teor alcoólico da cachaça, do uísque de outras bebidas é de 40% a 45% do volume total. Nem o álcool de cozinha funciona, pois ele tem metade de água. O único fora do posto, é claro, que faria um motor flex funcionar seria o álcool absoluto encontrado nas farmácias. Seu percentual é de 98 Gay Lussac, ou seja, quase 100%. Mas esse custa uma nota preta.

carros flex

Boris Feldman

Jornalista e engenheiro com 50 anos de rodagem na imprensa automotiva. Comandou equipes de jornais, televisão e apresenta o programa AutoPapo em emissoras de rádio em todo o país.

Boris Feldman

0 Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se identificar algo que viole os termos de uso, denuncie.
Deixe um comentário